Junho registra mais de 6,2 milhões de empresas inadimplentes no Brasil, segundo Serasa Experian

Maior parte das dívidas foram contraídas no segmento de Serviços, com 27,4% do total

 

 

Por: Victoria Bernardes /[email protected]

 

São Paulo, 03 de agosto de 2022 – Dados do Indicador de Inadimplência das Empresas da Serasa Experian mostram que, em junho, 6,2 milhões de negócios estavam com contas negativadas no país. A maioria das dívidas foram contraídas pelos empreendedores no setor de Serviços (27,4%) seguido pelo segmento de Bancos e Cartões (19,1%). Veja os dados completos no gráfico e na tabela a seguir:

Na análise de representatividade por setor de atuação das companhias inadimplentes, 52,9% são do segmento de Serviços, 38% do Comércio, 7,9% da Indústria, 0,9% Primário e 0,4% de Outros.

“Com o poder de compra impactado pela alta inflação, os consumidores passam a comprar menos e isso afeta diretamente o fluxo de caixa das empresas, que não conseguem recursos suficientes para pagar suas contas. Esse cenário pode se arrastar por alguns meses até que a economia brasileira alcance a estabilidade”, analisa o economista da Serasa Experian, Luiz Rabi.

São Paulo lidera o ranking entre os estados com mais empresas inadimplentes (2.008.526), em seguida vem Minas Gerais (608.663) e o Rio de Janeiro (543.961). Veja as demais regiões no gráfico a seguir e clique aqui para acessar a série histórica do indicador:

Serasa Experian em prol da saúde do mercado

Entendendo que a inadimplência pode prejudicar a pontuação de score das empresas, além de acarretar outros problemas como a negativação e a dificuldade em conseguir crédito, a Serasa Experian oferece capacitação e ferramentas gratuitas que ajudam as empresas a ficarem em dia com as contas. Entre as principais soluções está a consulta de CNPJ para que o empreendedor saiba como está a saúde de seu negócio. Esta importante aliada oferece dados sobre a situação cadastral, informações financeiras, análise de débitos e outros dados relevantes capazes de contribuir para a saúde financeira dos negócios. Clique aqui para saber mais!

 

 

 

Foto da capa: Divulgação

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,