redacao@jornaldosudoeste.com

Anuncie aqui - Jornal do Sudoeste

Lula: não voltei a governar para fazer o mesmo que já fiz

Publicado em

Ele disse que governo criará condições para nova revolução industrial

por Agência Brasil

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou nesta quinta-feira (6) a intenção do governo de criar as condições necessárias para uma nova revolução industrial. No entanto, é importante observar que essa declaração carece de detalhes sobre quais medidas específicas serão implementadas para alcançar esse objetivo.

Lula mencionou a necessidade de aportar recursos para o BNDES, visando impulsionar a economia. No entanto, não ficou claro de que forma esses recursos serão direcionados e como exatamente irão impulsionar a inovação e a indústria nacional.

Durante a reunião de relançamento do Conselho Nacional de Desenvolvimento Industrial (CNDI), Lula ressaltou o curto prazo de seu mandato e a importância de agir rapidamente. No entanto, é fundamental que as ações sejam bem planejadas e implementadas de forma estratégica, levando em consideração a realidade econômica e as necessidades do país.

Embora o relançamento do CNDI seja uma iniciativa positiva para a construção de uma nova política industrial, é essencial que esse conselho atue de maneira efetiva, considerando uma ampla gama de setores e ouvindo as diferentes partes interessadas, como entidades industriais e representantes dos trabalhadores.

Nesse sentido, é crucial que o governo promova um diálogo aberto e transparente, buscando soluções conjuntas e levando em conta a diversidade de opiniões e perspectivas. Além disso, é fundamental que as políticas industriais sejam embasadas em análises detalhadas e estudos de viabilidade, garantindo que sejam eficientes e sustentáveis a longo prazo.

Embora as intenções do governo sejam louváveis, é necessário que as ações sejam acompanhadas de um planejamento estratégico consistente, com medidas concretas e investimentos efetivos no fomento à inovação, ao empreendedorismo e ao desenvolvimento tecnológico. Somente assim será possível alcançar uma verdadeira revolução industrial e tornar o país competitivo globalmente.

Foto de Capa: Marcelo Camargo|Agência Brasil

Deixe um comentário