Skip to content
77 3441-7081 — [email protected]

Medida Provisória assinada por Temer determina área que o socorro financeiro deve ser aplicado e não traz data exata para o repasse

Após provocar revolta e mobilização dos prefeitos brasileiros junto a deputados e senadores por não fazer o repasse de R$ 2 bi, que foi acordado com o presidente para dezembro, o próprio Governo Federal lança mão de mais uma “solução”, que na verdade só protela o problema da crise nos municípios.

 O Palácio do Planalto publicou MP, assinada pelo presidente Michel Temer, que libera R$ 2 bilhões da União para municípios. Porém este recurso será repassado em 2018, sem data determinada, e deve ser aplicado nas áreas de saúde e educação.

“Essa é mais uma prova de que o presidente não tem nenhuma consideração e respeito pelos municípios e pelas pessoas que vivem aqui. Depois de toda essa sacanagem de nos surpreender ao não cumprir o que foi acordado em Brasília, no dia 22.11, protela o problema por mais um ano e ainda determina como vamos gastar?!”, disse o presidente da União dos Municípios da Bahia, Eures Ribeiro. O gestor afirma, ainda, que os 417 prefeitos do estado estão sem saber o que fazer diante da situação. “Contávamos como repasse para fechar as contas do ano. Nem tenho palavras para classificar uma postura tão desrespeitosa desse governo. Se não podemos confiar no presidente da Nação, o que nos resta?”, completa.

Redacão Jornal do Sudoeste

Redacão Jornal do Sudoeste

Desde seu lançamento, o JS vem revolucionando a imprensa regional. Foi e continua sendo pioneiro na adoção de cores em todas as suas páginas e no lançamento de suplementos especiais que extrapolam o simples apelo comercial, envolvendo a comunidade em reflexões sobre temas de interesse geral por ocasião do Natal e dos aniversários de emancipação de municípios da sua área de abrangência de circulação.
Categorias
Scroll To Top