77 3441-7081 — [email protected]

Músicos buscam mais espaço no cenário cultural de Caetité

Da Redação

 

Debater e elaborar uma pauta a ser encaminhada ao Governo Municipal cobrando a implementação de políticas públicas de incentivo e valorização dos artistas da terra foi o mote de um encontro que reuniu músicos caetiteenses no último domingo (29). Para os organizadores do encontro, a posse, nesta quarta-feira, 1º de agosto, do novo titular da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo, vai permitir que as demandas dos artistas locais possam ser colocadas de forma a contribuir para que a gestão possa vir a incentivar e valorizar os artistas da terra.

Durante o encontro os músicos expressaram o descontentamento em relação às políticas públicas culturais do município, destacando a pífia participação de artistas caetiteenses na Festa de Sant’Ana. “Não há, no Governo Aldo Gondim, sequer a sinalização de que os artistas caetiteenses mereçam um mínimo de respeito. Isso ficou claro na contratação das atrações da Festa de Sant’Ana, quando o espaço para os músicos da terra inexistiu”, desabafou um dos organizadores do encontro.

Para o grupo, a decisão de elaborar uma pauta para ser entregue ao novo secretário municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo tem o objetivo de contribuir para que o município possa voltar a investir nos artistas locais. “Não queremos privilégios, apenas que as Leis Municipal para a Cultura sejam cumpridas, principalmente o Plano Decenal de Cultura”, pontuaram os organizadores.

No final do encontro foi elaborado um documento que será entregue ao novo titular da pasta da Cultura, Esporte, Lazer e Turismo, em audiência que será solicitada em caráter de urgência, quando também pretendem tratar da questão da captação do Fundo de Cultura.

São as seguintes as principais reivindicações dos músicos caetiteenses:

  • Formação de uma equipe técnica para auxílio a artistas na captação de recursos através de Editais;
  • Estúdio Municipal para ensaio e gravação;
  • Auxiliar a criação da Associação dos Músicos de Caetité;
  • Solução e transparência sobre a origem e captação de recursos para o Fundo de Cultura;
  • Tornar público o calendário de reuniões do Conselho Municipal de Cultura;
  • Criação de um barema para determinar as condições das apresentações das bandas locais nos eventos locais;
  • Criação de uma Filarmônica Municipal;
  • Executar o projeto Tocando em Frente, como determina o Plano Municipal de Cultura.

Jornal do Sudoeste

Categorias ,