No Dia Mundial da Educação, Zé Raimundo exalta educadores brasileiros e defende segurança para retorno das aulas presenciais

Por Joana D’arck Cunha Santos/ Comunicação WZ

Em sessão extraordinária da Assembleia Legislativa da Bahia, hoje (28.04) foi aprovado o projeto de Lei 24.124/2021, oriundo do MP/BA, que altera o quadro do Ministério Público do Estado da Bahia, sem aumentar despesas, afetando, contudo, diretamente as comarcas de Coaraci, Ibicaraí, Monte Santo, Rio Real, Sento Sé. O PL foi relatado pelo deputado Zé Raimundo (PT), que antes da votação usou a tribuna do plenário virtual para defender a educação de qualidade e acessível a todos.

Zé Raimundo fez um discurso voltado para o Dia Mundial  da Educação, que transcorre no 28 de abril,  quando parabenizou os profissionais da área, manifestando o desejo de que o retorno às aulas presenciais se proceda após muito diálogo entre o governo e as categorias e sejam garantidas as condições de segurança e do acesso à vacina.

O parlamentar petista citou as políticas de educação do governador Rui Costa, do seu antecessor, Jaques Wagner, e especialmente da gestão do ex-presidente Lula, além das administrações do PT no município de Vitória da Conquista, conduzidas pelo ex-prefeito Guilherme Menezes e por ele próprio quando prefeito, no período de 2002 a 2008.

Agora, como destacou, os conquistenses estão prestes a receber outra importante ação na área, que é o Complexo Educacional Navarro do Brito, que englobará três unidades de ensino (Ciemb e colégios  Polivalente e Fernando Spínola), além de um grande centro esportivo.

Professor universitário e doutor em  História, Zé Raimundo não deixou de reverenciar os três maiores educadores brasileiros de referência internacional, Anísio Teixeira, Darcy Ribeiro e Paulo Freire, cujo centenário está sendo comemorado especialmente pelo PT. “Baseados na herança desses grandes educadores que os nossos governos tem se pautado para implantar políticas públicas de acesso à educação para combater as desigualdades. Por isso tenho certeza que a volta do ex-presidente Lula vai retomar o crescimento e fortalecimento das escolas técnicas e das universidades federais que marcaram o seu governo”, exaltou.

Sob o comando do presidente da Alba, Adolfo Menezes, o legislativo aprovou  também um projeto oriundo do Executivo, que dispõe sobre o regime jurídico dos bens imóveis pertencentes ao Estado destinados a empreendimentos industriais, comerciais e de serviços. Ainda na mesma sessão, foi aprovado o projeto de Decreto Legislativo nº 2.936/2021, que renovou o reconhecimento da  ocorrência de estado de calamidade pública em mais dois municípios baianos: Jaguarari e Curaçá. A abertura da sessão constou de homenagem ao garçom Alemão, colaborador da ALBA, morto pela Covid.

Foto de Capa: Divulgação/ Comunicação WZ.

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,