Nova lei permite renegociar dívidas com Fundos de Investimento da Amazônia e do Nordeste

A repactuação pode ser feita até 18 de dezembro deste ano

Por: Brasil61

Empesas do Norte e do Nordeste podem renegociar dívidas com os Fundos de Investimento da Amazônia, o Finam, e do Nordeste, o Finor. A repactuação pode ser feita até 18 de dezembro deste ano.

Segundo lei sancionada pela Presidência da República, os débitos podem ser quitados com descontos que podem chegar a noventa e cinco por cento do valor total. Há também a possibilidade de ampliar o prazo de pagamento da dívida em até sete anos, incluindo dois anos de carência.

Para renegociar seus débitos, as empresas interessadas devem procurar diretamente o Banco da Amazônia e o Banco do Nordeste, que são as instituições financeiras que operam os Fundos de Investimento.

Daniel Ferreira, secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento Regional, o MDR, destaca o impacto da medida para estimular a retomada da economia nas regiões Norte e Nordeste.

“A medida vem em um ótimo momento para que as empresas que podem recuperar a capacidade de investimento ao renegociar suas dívidas com descontos e taxas mais apropriadas à sua capacidade de pagamento. Isso se soma ao atual momento da economia, contribuindo para a retomada da geração de emprego e renda no País”.

O índice de inadimplência das carteiras do Finam e do Finor chega a noventa e nove por cento do total e a dívida dos empreendedores, a mais de quarenta e nove bilhões de reais.

 

 

Foto de capa: Governo de Rondônia

 

 

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,