77 3441-7081 — [email protected]

Número de novos microempreendedores individuais aumenta 14,4% em fevereiro

São Paulo, 17 de abril de 2018 – Em fevereiro de 2018, 158.038 microempreendedores individuais (MEIs) surgiram no país, 82,5% do total de 191.498 novas empresas constituídas. O total de MEIs nascidos no mês é o maior para o mês de fevereiro já registrado pelo Indicador Serasa Experian de Nascimentos de Empresas desde que a apuração passou a ser feita, em 2010.  

A quantidade de novos microempreendedores individuais em fevereiro/2018 é 14,4% superior ao levantamento de fevereiro/2017, quando 138.187 novas empresas desse segmento nasceram, frente a um total de 176.319 novas companhias.

De fevereiro de 2010 a fevereiro de 2018, a representatividade dos MEIs foi crescente e impulsionou o aumento geral no número de novas empresas no país. Em oito anos, os Microempreendedores Individuais passaram de 46,1%, em fevereiro/2010, para 82,5%, em fevereiro/2018.

De janeiro a fevereiro, 338.184 microempreendedores individuais (MEIs) surgiram no país, 84,2% do total de 401.633 novas empresas.

De acordo com os economistas da Serasa Experian, a lenta recuperação do nível de emprego formal e a retomada do crescimento da economia estão favorecendo a abertura de novos negócios no país, especialmente de microempreendedores individuais.

Acompanhe a evolução dos MEIs no decorrer dos anos:

Nascimentos de empresas em outras naturezas jurídicas

As Sociedades Limitadas registraram a criação de 13.712 novos negócios em fevereiro/2018, representando decréscimo de 0,6% em relação a fevereiro/2017, quando 13.797 empresas desta natureza surgiram.

O nascimento de Empresas Individuais caiu 31,5%, com um total de 9.579 novos negócios em fevereiro/2018; em fevereiro de 2017 haviam sido 13.984 nascimentos. O nascimento de novas empresas de outras naturezas teve queda de 1,8%, com 10.169 novos negócios, em fevereiro/2018, contra 10.351 em fevereiro/2017.

No bimestre, foram 25.959 sociedades limitadas, 18.301 empresas individuais e 19.189 empresas de outras naturezas.

Nascimentos de empresas por setor

O setor de serviços continua sendo o mais procurado por quem quer empreender: em fevereiro de 2018,126.832 novas empresas surgiram neste segmento, o equivalente a 66,2% do total de nascimentos. Os novos comércios totalizaram 48.971 (25,6% do total) e, no setor industrial, foram abertas 15.101 empresas (7,9% do total).

Observa-se nos últimos oito anos um crescimento constante na participação das empresas de serviços no total de empresas que nascem no país, passando de 53,6% (fevereiro de 2010) para 66,2% (fevereiro de 2018). Já a participação do setor comercial de empresas que surgem no país tem recuado (de 34,6%, em 2010, para 25,6% em 2018). A participação das novas empresas industriais também caiu de 8,8% em 2010 para 7,9% em 2018).

Nascimento de empresas por regiões e estados

O Sudeste segue liderando o ranking de nascimento de empresas, com 99.575 novos negócios abertos em fevereiro de 2018 ou 52,0% do total.  A Região Sul ocupou a segunda posição, com 18,3% (35.011 empresas). O Nordeste ficou em terceiro lugar, com participação de 15,8% e 30.218 novas empresas. O Centro-Oeste registrou a abertura de 18.013 empresas e foi responsável por 9,4% de participação no total de nascimentos, seguido pela Região Norte, com 8.681 novas empresas ou 4,5% dos empreendimentos inaugurados no mês.

O Sul foi a região que registrou a maior alta no número de nascimentos (14,1%) na comparação entre fevereiro/2017 e fevereiro/2018. O Sudeste apresentou crescimento de 10,8% interanual, seguida pela região Centro-Oeste, que apresentou elevação de 10,0%.  O Nordeste contabilizou a abertura de 1,3% a mais de novos empreendimentos entre fevereiro de 2017 e fevereiro de 2018 e no Norte houve decréscimo de 9,3% nos nascimentos de fevereiro/2018 em relação ao mesmo mês do ano passado.

Entre os estados, em fevereiro de 2018, São Paulo foi responsável por 29,3% dos novos negócios, totalizando 56.100 empreendimentos inaugurados.        A segunda posição no ranking nacional de nascimentos no segundo mês do ano ficou com Minas Gerais, com 21.893 novas empresas, (11,4%).  Em seguida, o estado com maior número de novas companhias foi o Rio de Janeiro, com 17.115 nascimentos, 8,9% do total. 

Metodologia do estudo sobre Nascimento de Empresas

Para o levantamento do Nascimento de Empresas foi considerada a quantidade mensal de novas empresas registradas nas juntas comerciais de todas as Unidades Federativas do Brasil bem como a apuração mensal dos CNPJs consultados pela primeira vez à base de dados da Serasa Experian.

 

Redacão Jornal do Sudoeste

Redacão Jornal do Sudoeste

Desde seu lançamento, o JS vem revolucionando a imprensa regional. Foi e continua sendo pioneiro na adoção de cores em todas as suas páginas e no lançamento de suplementos especiais que extrapolam o simples apelo comercial, envolvendo a comunidade em reflexões sobre temas de interesse geral por ocasião do Natal e dos aniversários de emancipação de municípios da sua área de abrangência de circulação.
Categorias