O CONCURSO DE MISS UNIVERSO E A CARREIRA DE OUTROS PROFISSIONAIS

O profissional que deseja ter sucesso na carreira deve estar atento a tudo que o cerca.
Apesar de muitos não perceberem, um concurso de misses também pode ser uma grande oportunidade não só de lazer, mas também de desenvolvimento profissional. É necessário apenas ter um novo olhar sobre o evento.
Analisando a 60ª edição do concurso que ocorreu pela primeira vezno Brasil e que, onde, também pela primeira vez, foi eleita uma representante de Angola, a belíssima Leila Lopes, uma pessoa mais atentapode tirar algumas lições para a sua carreira.
Independentemente do segmento onde atua, o intuito do profissional é obter sucesso. Para tanto, precisa se destacar da concorrência e conquistar o público consumidor. Para a Leila, não foi diferente, pois ela precisava se destacar das outras 88 candidatas. E foi o que ela fez: mostrou mais do que se esperava dela.
O sucesso chegou para a nova Miss Universo e pode chegar para você também. E o que ela fez? Vamos analisar:
Tem autoconhecimento e sabia seus pontos fortes:“Meu sorriso contagia as pessoas e mostra minha personalidade”. 
Conhecia o seu público. Ela sabia que o seu público gosta de pessoas divertidas: “Sou alegre e consegui mostrar que sou divertida”.
Usou estratégias: “O sorriso foi minha arma”.
Superou obstáculos, como a sua timidez: “Sempre pensava, 'não vou conseguir encarar o público”.
Teve metas: “Sempre sonhei em ser miss”, mas não se conteve só com o sonhar. Agiu e investiu no seu sonho.
Acreditou no seu potencial e tinha pensamento positivo:“Eu vou ganhar. Disse para os meus amigos que queria ganhar aquela coroa”.
Mostrou-seflexível e adaptável: “Aprendi a ser mais respeitável e paciente durante o concurso”.
Soube reverter uma situação:“Racismo não me atinge. Os racistas sim devem procurar ajuda, porque não é normal uma pessoa pensar assim no século 21”.
Preocupa-se como social: A Miss Angola já encampou diversas campanhas em seus país por várias causas sociais.
Quebrou paradigmas, pois foi uma das únicas participantes a desfilar com os cabelos presos, conforme observações dos críticos de beleza.
Diante disso, analise a sua carreira e responda sinceramente:
Você se conhece, sabe dos seus pontos fortes?
Conhece o seu público?O que é que ele espera de você?
Usa estratégias ou deixa tudo ao acaso?
Supera obstáculos ou fica estagnado na frente deles?
Tem metas definidas? Quais? O que está fazendo para atingi-las?
Acredita no seu potencial e tem pensamento positivo?
Mostra-seflexível e adaptável? Como?
Sabe reverter as situações adversas?
Preocupa-se como social? O que tem feito?
Tem quebrado paradigmas? Como?
Enfim, aproveite esse momento de beleza explícita. Faça uma análise criteriosa deste momento na sua vida. E vá além do poeta que aconselha “Mirem-se no exemplo daquelas mulheres de Atenas”.Mire-se nos exemplos daquela mulher (bonita) de Benguela…
Júlio César Cardoso

Júlio César Cardoso

Bacharel em Direito e servidor federal aposentado. Balneário Camboriú-Santa Catarina.
Categorias