O Governo de Caculé realizou no dia 07 de setembro o desfile cívico alusivo a Independência do Brasil

Por ASCOM.CACULE

 

Caculé vivenciou no dia 7 de setembro um dos desfiles mais intensos! Rico em cultura, beleza, educação e identidade do seu povo. Com o tema “Caculé, Vida e Memória”, o projeto e sua culminância revelaram o compromisso de gestores, professores, alunos, entidades participantes e comunidades presentes com as suas raízes. Emoções e chuva; força e persistência! Entre bandeiras, cores, faixas, banners, fantasias, painéis, adereços, músicas e coreografias; as ruas se encheram de vida, de memórias, alegrias e saudades. Manoel Caculé desbravou a mata e aqui chegou, plantou, se estabeleceu, fez história. O “Negro e a Rosa”, cantado por artistas da terra é quase um hino de louvor às nossas origens. Hoje, como nos versos do poeta Casimiro de Abreu “Todos cantam sua terra, também vou cantar a minha…” os poetas caculeenses também cantam a sua terra. Caculé tem seus cantos e encantos; lugares geográficos e lugares da memória. O Desfile de 07 de setembro foi mais um evento exitoso do centenário da nossa cidade. O projeto “Caculé, Vida e Memória” homenageou os Prefeitos que administraram a cidade no decorrer desses cem anos de emancipação política; retratou as riquezas naturais, representadas por alunos, profissionais da educação, cultura e esporte; bem como, entidades religiosas e institucionais. E também, a Maçonaria, que vem marcando presença ao longo dessa trajetória. As Bandas convidadas de Palmas de Monte Alto, Rio de Contas e Rio do Antônio abrilhantaram a comemoração. Vale destacar que a Banda Marcial Professor Adelbardo Silveira, do Colégio Estadual Norberto Fernandes, de Caculé, fez balançar o coração da platéia-testemunha do crescimento da cidade, que assistiu ao desfile com os olhos encharcados de emoção, que a chuva não impediu de transbordar.  Fica a certeza de que, mesmo vivendo a modernidade líquida, da fluidez das amizades e até mesmo dos valores; uma educação de qualidade busca preservar os princípios e se fundamentar em bases sólidas, valorizando a ética e a moral; e, é nessa perspectiva, que são educadas as crianças e os jovens caculeenses, para o exercício consciente da cidadania. “Brava gente brasileira!”, nós somos parte indissociável dessa história!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Jornal do Sudoeste

Categorias