O que é a Fibrose Pulmonar?

Neste episódio o Dr. Alexandre Amaral dá mais detalhes sobre o assunto

Por: Brasil 61

Você conhece alguém que tem tosse seca com frequência ou se cansa facilmente? Já ouviu falar sobre fibrose pulmonar? Neste episódio o Dr. Alexandre Amaral dá mais detalhes sobre o assunto.

A fibrose pulmonar não é propriamente uma doença. Na verdade, é uma alteração que acontece no pulmão em consequência de várias doenças que podem comprometê-lo. Um grupo de doenças, às vezes muito diferentes entre si, mas que causam alterações parecidas e sintomas muito semelhantes também, que são chamadas conjuntamente de Doenças Intersticiais Pulmonares (DIP).

O que acontece é que a maioria das doenças desse grupo, as DIP, geram algum grau de inflamação ou fibrose no pulmão, de onde vem o termo “Fibrose Pulmonar”.

Nosso corpo tem maneiras diferentes de lidar com as agressões que podem acontecer. Uma das mais comuns é a inflamação. Nós usamos células inflamatórias que estão no órgão, ou que chegam pelo sangue, para combater o que quer que esteja fazendo mal. Às vezes, essa inflamação pode ser exagerada, descontrolada, ou voltada para o próprio pulmão.

Existe também um sistema de reparo ou regeneração que é bem comum, que é a fibrose. Imagine quando fazemos um corte no dedo, geralmente sangra, para  e depois fica vermelho, quente, inchado, isso tudo é resultado da inflamação.

Quando a fibrose acontece no pulmão, ela acaba prejudicando a respiração por dois principais meios: deixando o pulmão duro, difícil de esticar e, portanto, de respirar e comprometendo as trocas gasosas que acontecem nos alvéolos, ou seja, atrapalhando a oxigenação do sangue.

Isso gera, principalmente, dois sintomas:

  • Cansaço ou falta de ar. Geralmente na hora de fazer algum esforço pode piorar.
  • Tosse, geralmente seca.

Mas, o que causa a fibrose no pulmão?

São muitas as causas de fibrose no pulmão. Algumas são mais comuns em jovens, outras em pessoas mais velhas; algumas podem predominar em mulheres (como linfangioleiomiomatose) ou em alguns grupos étnicos específicos (como sarcoidose em afrodescendentes).

Algumas das principais causas:

  • Doenças autoimunes, popularmente chamadas de “reumatismo”. Várias doenças desse grupo podem causar problemas pulmonares, como a Artrite Reumatoide e a Esclerose Sistêmica e muitas outras;
  • Exposições ambientais. A inalação de pequenas partículas no ar, chamadas de antígenos orgânicos, pode causar fibrose pulmonar em algumas pessoas;
  • Tabagismo. O cigarro, além de ser o principal responsável pela DPOC (Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica), também pode ocasionar alguns tipos de fibrose no pulmão;
  • Exposições ocupacionais: algumas substâncias inaladas, geralmente no ambiente de trabalho, podem causar fibrose pulmonar, como a exposição intensa ou prolongada à poeira de sílica, a alguns metais usados na indústria e ao asbesto (amianto);
  • Medicamentos. Alguns remédios podem resultar em fibrose no pulmão, como alguns usados para tratamentos do câncer e até alguns antibióticos de forma prolongada (como a nitrofurantoína);
  • Radioterapia. Principalmente se o campo de irradiação envolver o tórax, é a chamada pneumonite actínica;
  • Outras doenças sistêmicas, como a sarcoidose, uma doença inflamatória que pode afetar praticamente qualquer parte do corpo, mas que costuma atacar o pulmão em 90% dos casos;
  • Sem causa conhecida. Isso mesmo, em muitos casos, a medicina ainda não conhece o que causa a fibrose.

O diagnóstico da Fibrose Pulmonar geralmente começa com um exame de imagem, preferencialmente, uma tomografia do tórax de boa qualidade (com alta resolução).

Pode ser um achado assintomático (sem querer) de exame pulmonar solicitado por outro motivo também.

E o tratamento?

Em relação ao tratamento vai depender muito da causa da fibrose. Em linhas gerais, a primeira coisa a se fazer é tentar remover a causa, por exemplo, se a doença está relacionada ao cigarro, é necessário parar de fumar; se for causada por uma exposição em casa ou no trabalho, afastar-se daquela exposição.

Foto de capa: Reprodução/Canal Doutor Ajuda

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,