PAA Leite aumenta valores pagos a produtores de leite do programa

Por: Ascom SJDHDS

Com base na pesquisa de preço realizada pela Conab e formalizada pela Secretaria de Justiça, Diretos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS), o litro de leite de cabra e de vaca, vendidos ao Programa de Aquisição de Alimentos – modalidade Leite, tiveram aumento dos valores pagos aos produtores.  A medida é válida para a execução emergencial do PAA no estado da Bahia e entrou em vigor nesta segunda-feira (02).
Os produtores cadastrados no programa passarão a vender o litro do leite bovino a R$ 1,88, antes vendido por R$ 1,74. Já o leite caprino, antes vendido a R$ 1,64 depois a R$ 2,00, agora passa a valer R$ 2,08. O PAA Leite emergencial está sendo executado como medida de enfrentamento à Covid-19 para intensificar o acesso à alimentação nutritiva e saudável de famílias em situação de vulnerabilidade social na Bahia.
“Agora, o produtor cadastrado na proposta emergencial passa a vender seus produtos a preços ainda mais justos. Isso fortalece a cadeia produtiva gerando mais renda a categoria”, disse Carlos Martins, secretário de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS).
O Programa de Aquisição de Alimentos – PAA Leite visa o fortalecimento da cadeia produtiva do setor leiteiro local, bem como a contribuição para a redução da vulnerabilidade social e da desnutrição infantil, através da distribuição diária gratuita de 1 litro de leite ao público prioritário.

Em 2020, o PAA foi responsável pela distribuição de 4,9 milhões de quilos de alimentos e 5,5 milhões de litros de leite. Mais de 213 mil famílias foram beneficiadas por alguma das duas modalidades do PAA. Ainda no ano passado, a SJDHDS entregou ainda 50 kits de equipamentos e veículos para os municípios fortalecerem a execução do programa.

 

 

 

Foto de Capa: Divulgação

Jornal do Sudoeste

Materias Recentes

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,