Plano Safra 2021/2022 contará com investimento de R$251,2 bilhões para pequenos, médio e grandes produtores

O plano Safra 2021/2022 possui R$14,9 bilhões a mais que o plano anterior

Por: Patricia Buzaid

 

Com um investimento de R$251,2 bilhões, o Governo Federal divulgou o Plano Safra 2021/2022, o valor disponibilizado para o financiamento do crédito rural é 6% maior do que foi disponibilizado no plano anterior, onde o investimento foi de R$236,3 bilhões, o que representa uma diferença de R$14,9 bilhões de uma safra para a outra. Os financiamentos podem ser contratados a partir de julho deste ano até junho de 2022.

Com o intuito de priorizar a agricultura familiar, cerca de R$39,3 bilhões do investimento será exclusivo para o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), que recebeu um incremento de 19% em relação ao ano anterior. Os demais públicos ficaram com R$211,9 bilhões, 4% a mais do que em 2020, sendo que R$34 bilhões será destinado para o Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp), R$177,8 bilhões será destinado pera o custeio e comercialização e os outros R$73,4 bilhões será para investimento, neste último caso, o aumento da disponibilidade foi de 29%.

Junto com o aumento no investimento para o crédito rural para os produtores, as taxas de juros dos financiamentos também tiveram um leve acréscimo, para os pequenos produtores os juros passaram de 2,75% para 3% ao ano, para a produção de bens alimentícios de 4% para 4,5%. Já para os médios produtores os juros para custeio passam a ser de 5,5% e para investimento 6,5%. Os grandes produtores poderão contratar o empréstimo com juros de 7,5% para custeio e 8,5% para o financiamento de máquinas. E as cooperativas, crédito industrial e capital de giro terá juros de 8%.

Presente no mercado há 8 anos, a Sonhagro e com várias unidades franqueadas pelo país, a rede oferece o serviço de consultoria de crédito rural, para todos os produtores que desejam realizar os investimentos. a rede é a primeira e única empresa no ramo no mercado de franquias e comenta sobre o novo valor da safra de 2021/2022.

“Esse aumento vai impactar muito na vida dos produtores que utilizam desse recurso, pois atualmente, os insumos, máquinas agrícolas e seus implementos tiveram um aumento de custo considerável, devido à alta demanda por estes itens, baixa produção em função da mão de obra escassa no período desde o início da pandemia, ocasionando também a desvalorização do real. Por exemplo, antes um trator agrícola que custava R$100 mil, hoje o mesmo está custando R$138 mil. Esse novo limite de crédito rural, significa mais investimento e maior desenvolvimento da Agronegócio no país”, comenta o empresário Romário Alves, Fundador da rede.

Para os produtores rurais que possuem interesse em contratar o serviço, a Sonhagro, conta com várias unidades de atendimento em diversas cidades do país e com profissionais qualificados para realizar a simulação e os projetos obrigatório exigido pelas instituições, para a liberação do crédito rural. A consultoria do Plano Safra 2021/2022 já está disponível na rede, entre em contato e tire suas dúvidas.

 

 

 

 

 

Foto de capa: Sonhagro – Divulgação

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,