Polícia Federal lança concurso com 500 vagas e salários de até R$ 22 mil

Por Redação

Na sexta-feira (15/6), foi publicado no Diário Oficial da União o Edital de abertura do concurso público para a Polícia Federal. Ao todo são oferecidas 500 vagas.

De acordo com o Edital (http://www.cespe.unb.br/concursos/pf_18/), são 150 vagas para o cargo de Delegado, 60 para Perito Criminal, 80 para Escrivão, 30 para Papiloscopista e 180 para Agente. Todas as carreiras exigem que o candidato tenha Nível Superior.

Para os cargos de Agente, Papiloscopista e Escrivão, a remuneração atual é de R$ 12.441,26, já considerando o auxílio alimentação de R$ 458. Além disso, as categorias contarão com reajuste em janeiro de 2019, subindo para R$ 12.980,50.

O salário inicial para Perito Criminal e Delegado é de R$ 23.130,48, mas contará com reajuste em janeiro de 2019, quando passará para R$ 24.150,74. A carga horária para todos os cargos é de 40 horas semanais.

Inscrições

As inscrições poderão ser feitas de 19 de junho de 2018 até 2 de julho de 2018, pela internet. As taxas são de R$
180 para os cargos de Perito Criminal, Escrivão, Papiloscopista e Agente e R$ 250 para Delegado.

O Edital prevê que há 100 vagas reservadas a negros e 27 vagas reservadas a pessoas com deficiência, além de informar que o concurso têm validade de dois anos, com possibilidade de prorrogação por igual período.

Etapas de avaliação

O concurso é dividido em prova objetiva, prova discursiva, exame de aptidão física (barra fixa, impulsão horizontal, natação e corrida de 12 minutos), prova oral (somente para Delegado), prova prática de digitação (somente para Escrivão), avaliação médica, avaliação psicológica, avaliação de títulos (para os cargos de Delegado e Perito Criminal), e curso de formação profissional, que será realizado na Academia Nacional de Polícia, no Distrito Federal, podendo ser desenvolvidas atividades em qualquer Unidade da Federação.

A primeira avaliação, a prova objetiva, está prevista para 19 de agosto. O conteúdo programático contempla as disciplinas de Português, Informática, Raciocínio Lógico, Estatística, Contabilidade, Direito Penal, Processo Penal, Direito Administrativo, Direito Constitucional, Legislação Especifica, Arquivologia (somente para Escrivão), além de Química, Física e Biologia (somente para Papiloscopista).

O prazo de validade do certame é de dois anos, podendo ser prorrogado pelo mesmo período.

Requisitos

Os cargos de Agente, Papiloscopista e Escrivão exigem que os candidatos tenham curso de Nível Superior em qualquer área de formação.
Já para Delegado, é necessário ter Nível Superior em Direito, com pelo menos três anos de atividade jurídica ou policial, comprovados na data da posse.
A função de Perito é destinada a quem tem Curso Superior em Ciências Contábeis ou Ciências Econômicas;  Engenharia Elétrica, Engenharia Eletrônica, Engenharia de Telecomunicações ou em Engenharia de Redes de Comunicação; Análise de Sistemas, Ciências da Computação, Engenharia da Computação, Engenharia de Redes de
Comunicação ou em Informática; Engenharia Agronômica; Geologia; Engenharia Química, Química Industrial ou em Química; Engenharia Civil; Engenharia Florestal; Medicina e Farmácia.

Para todos os cargos é necessário ter Carteira de Habilitação a partir da categoria “B”.

O edital não detalha o local de trabalho dos aprovados. No entanto, estabelece que para a escolha de lotação, serão disponibilizadas vagas, preferencialmente, nos Estados do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins e em Unidades de fronteira.

Redacão Jornal do Sudoeste

Redacão Jornal do Sudoeste

Desde seu lançamento, o JS vem revolucionando a imprensa regional. Foi e continua sendo pioneiro na adoção de cores em todas as suas páginas e no lançamento de suplementos especiais que extrapolam o simples apelo comercial, envolvendo a comunidade em reflexões sobre temas de interesse geral por ocasião do Natal e dos aniversários de emancipação de municípios da sua área de abrangência de circulação.
Categorias ,