Pré Diabetes, o que significa?

Neste episódio o Dr. Rafael Pergher dará mais detalhes sobre o assunto.

Por: Brasil 61

Você foi diagnosticado como pré-diabético? Sabe o que isso significa? Neste episódio o Dr. Rafael Pergher dará mais detalhes sobre o assunto.

O termo pre-diabétes é utilizado quando os valores do seu exame de sangue estão em uma faixa que fica entre o normal e o diabetes.

Falamos que a pessoa tem diabetes quando a taxa de açúcar no sangue, a chamada glicemia, coletada com jejum de 8 horas está acima 126 mg/dl.

Para ser considerado normal a pessoa tem que ter glicemia inferior a 100 mg/. Entre 100 e 126 mg/dl, a glicemia não é normal e também não é definidora de diabetes. Se você tem o exame de glicemia com resultado nessa faixa, pode se dizer que você tem pré diabetes. E por que isso é importante? Porque, como você deve imaginar, quem tem pré diabetes possui um risco maior de se tornar diabético.

Esse risco é ainda maior se tiver alguns outros fatores de risco como, familiares de primeiro grau com diabetes, pressão alta, colesterol alto, obesidade e síndrome dos ovários policísticos.

O que é necessário fazer para se evitar que haja essa progressão para o diabetes?

Fatores de risco

  1. O principal fator de risco para o aparecimento do diabetes é o excesso de peso. Se você está acima do peso, deve iniciar um acompanhamento com um profissional .
  2. Você costuma exagerar no consumo de carboidratos? Consumo em excesso de pães, massas, doces e bebidas adoçadas aumentam o risco de diabetes. É necessário moderar a quantidade desses alimentos e introduzir frutas, legumes e vegetais.
  3. Você faz atividade física? O sedentarismo é outro fator de risco para o diabetes. É recomendado que se inicie um programa de atividades físicas de acordo com sua capacidade e condicionamento, de preferência orientado por um profissional. Porém, caso isso não seja possível, tornar-se mais ativo, como por exemplo, fazer caminhadas de pelo menos 30 minutos diários já trará benefício.
  4. É fundamental um acompanhamento médico. A realização de exames periódicos ajuda no seguimento e antecipa o diagnóstico do diabetes, caso aconteça.

Quanto mais cedo se inicia o tratamento do diabetes, menores são as chances de complicações da doença no futuro.

Foto de capa: Reprodução/Canal Doutor Ajuda

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,