77 3441-7081 — [email protected]

Prefeito e deputado trabalham para resolver a crise hídrica que gerou desabastecimento de Riacho de Santana

Por Lucimar Almeida

A Prefeitura Municipal de Riacho de Santana tem acompanhado, articulado ações e buscado recursos junto ao Governo Federal para reverter a mais grave crise hídrica enfrentada pelo município, que resultou no desabastecimento da sede municipal com o esgotamento do manancial que abastece a cidade (Barragem de Santana) há cerca de dois meses. Desde então, o Governo Municipal tem adotado uma série de medidas emergenciais, inclusive perfurando e instalando e locando poços artesianos de proprietários rurais da região do entorno da sede municipal, além de garantir o abastecimento, ainda que precariamente, através de carros pipa. Paralelemente, o prefeito Alan Antônio Vieira (PSD) tem travado uma luta diuturna para viabilizar, através dos Governos do Estado e Federal, recursos para que o projeto de construção de uma adutora, com captação no Rio São Francisco em Bom Jesus da Lapa, possa sair do papel e resolver de forma definitiva o problema que vem sendo adiado desde 2008.

O trabalho do gestor para viabilizar os investimentos necessários para construção da adutora, que contou com apoio de parlamentares da bancada baiana na Câmara Federal que apresentaram uma Emenda ao Orçamento Geral da União, tem merecido especial atenção do deputado federal José Alves Rocha (PR).

Desde o primeiro momento, o parlamentar republicano abraçou a causa e tem sido responsável pelo agendamento de audiências do prefeito com representantes de Ministérios do Governo Federal, onde além da liberação dos investimentos previstos para realização da obra da adutora, tem buscado recursos para execução de obras para minimizar os efeitos da falta d’água.

Na última semana de novembro, com a efetiva participação do deputado José Rocha, o prefeito Alan Antônio Vieira contabilizou, em Brasília, importantes sinalizações do Governo Federal para atendimento das demandas do município.

De acordo com Alan Vieira, que retornou de audiências em Brasília bastante animado, o apoio e a efetiva participação do deputado José Rocha (PR) nas articulações com a Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização do Congresso Nacional para aprovação da Emenda de Bancada baiana e, particularmente, para a destinação de R$ 10 milhões para execução da primeira etapa das obras da Adutora do Rio São Francisco que vai atender Riacho de Santana e Igaporã.

O trabalho desenvolvido pelo parlamentar republicano para que a proposta que destinou recursos para a construção da Adutora do Rio São Francisco foi destacado pelo Relator Setorial da Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização do Congresso Nacional na área temática da Integração Nacional, deputado federal Rodrigo de Castro, do PSDB de Minas Gerais.

Para assegurar que haja celeridade na liberação dos recursos para que as obras possam ser iniciadas o mais rapidamente possível em 2019, o deputado federal José Rocha, articulou e participou de uma audiência, juntamente com o prefeito Alan Vieira (PSD), com o Secretário Executivo do Ministério da Integração Nacional e já anunciado futuro ministro de Estado do Desenvolvimento Regional, pasta que vai absorver os atuais Ministérios da Integração Nacional e das Cidades, Gustavo Canuto.

Na audiência, o prefeito e o deputado republicano não apenas detalharam o drama pelo qual passa a população de Riacho de Santana, como o projeto de construção da Adutora do Rio São Francisco, apontando a necessidade urgente da alocação dos recursos previstos no Orçamento Geral da União para construção da primeira etapa da proposta.

“O deputado Zé Rocha tem ajudado muito nossa cidade, tratando da liberação de recursos, trabalhando em prol do nosso Estado e eu, em nome da população, só tenho a agradecer o trabalho constante por Riacho de Santana”, destacou o prefeito.

O deputado José Alves Rocha (PR/BA), por sua vez, elogiou a postura do prefeito Alan Antônio Vieira (PSD) e do vice-prefeito e secretário municipal de Infraestrutura e Serviços Urbanos, Daniel Machado de Castro (PDT), que, segundo ressaltou, têm demonstrado desprendimento ao buscar o diálogo não apenas no âmbito interno do município, mas junto aos Governos Federal e do Estado buscando investimentos e ações para atender às demandas da população. No caso especifico da crise de abastecimento de água, o deputado disse que tem acompanhado desde o primeiro momento as medidas adotadas por Alan Vieira e buscado, através do mandato parlamentar, construir entendimentos que possibilitaram a aprovação da inclusão da construção da Adutora do São Francisco na Emenda da bancada baiana aprovada na Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização do Congresso Nacional. “Agora vamos trabalhar para aprovação da proposta nos plenários da Câmara e do Senado e já estamos articulando junto ao futuro ministro [de Estado do Desenvolvimento Regional] Gustavo Canuto a liberação dos investimentos nos primeiros meses de 2019”, afirmou o republicano.

Jamille Amorim

Categorias ,