77 3441-7081 — [email protected]

Prêmio Professores do Brasil tem 148 inscritos do Estado da Bahia

Por Ministério da Educação

 

A 11ª edição do Prêmio Professores do Brasil (PPB) registrou a inscrição de 148 professores da Educação Básica da rede pública do Estado da Bahia. Em todo o País, foram 4.040 inscritos. O concurso pretende reconhecer e premiar o trabalho de docentes que contribuem para a melhoria dos processos de Ensino e Aprendizagem desenvolvidos nas salas de aula. Os vencedores nacionais serão conhecidos em 29 de novembro, no Rio de Janeiro.

“O prêmio passou a ser mais conhecido pelos professores e foi feita uma divulgação forte pelos participantes da edição passada”, explicou o coordenador-geral de Apoio a Certames e Programas Especiais, da Secretaria de Educação Básica (SEB) do Ministério da Educação, Joselino Goulart Júnior. “Isso nos ajudou a termos esse número de 4.040 inscritos, mesmo em um curto período para as inscrições”.

O prêmio é uma iniciativa do MEC com instituições parceiras, e tem como objetivo estimular a participação dos professores como sujeitos ativos na implementação do Plano Nacional de Educação e da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). A premiação dá visibilidade às boas experiências pedagógicas conduzidas pelos professores, além de oferecer uma reflexão sobre a prática pedagógica e orientar a sistematização de experiências educacionais.

“Para os professores que têm essa coragem de compartilhar suas experiências e os seus resultados, a ideia do prêmio é divulgar isso nacionalmente para que esses exemplos possam ser utilizados por outros professores, em realidades bem próximas das que eles encontram em suas Escolas e dar essa valorização desses trabalhos realizados nas Escolas Públicas”, reforçou o coordenador-geral da SEB.

Do total de professores inscritos nacionalmente, 2.949 são mulheres e 1.091, homens, sendo 2.249 funcionários de Escolas Municipais, 1.644 de estaduais, 97 de federais e 50 de instituições privadas conveniadas. “Isso é um reflexo do percentual de professoras e professores que nós temos no País”, pontuou Joselino. “A maioria de professores são mulheres, e isso se reflete também na participação no prêmio.”

Para participar do concurso, os professores enviaram um relato da prática pedagógica desenvolvida com seus alunos. Neste ano, a premiação vai distribuir R$ 305 mil aos vencedores, bem como viagens educativas pelo Brasil e pelo exterior e placas para as escolas dos candidatos que tiverem experiências selecionadas.

Etapas – O PPB é dividido em três etapas: estadual, regional e nacional. Os participantes vão concorrer nas categorias Educação infantil/creche, Educação Infantil/Pré-Escola, Anos iniciais do Ensino Fundamental/1º, 2º e 3º anos, Anos iniciais do Ensino Fundamental/4º e 5º anos, Anos finais do Ensino Fundamental/6º ao 9º ano e Ensino Médio.

Na etapa estadual, os três primeiros colocados em cada categoria recebem certificado que ficará disponível no próprio sistema de inscrição, e o vencedor, um troféu. Na regional, são R$ 7 mil, mais troféu e viagem oferecida pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), autarquia vinculada ao MEC. Na categoria nacional, são mais R$ 5 mil e troféu.

Além dessas etapas, os professores podem concorrer em uma das cinco temáticas especiais: O esporte como estratégia de aprendizagem, Uso de tecnologias de informação e comunicação no processo de inovação educacional, Boas práticas no uso de linguagens de mídia para as diferentes áreas do conhecimento no Ensino Fundamental e Médio, Práticas inovadoras de Educação Científica e Educação Empreendedora. A premiação para as temáticas especiais inclui R$ 5 mil para os professores vencedores ou as Escolas, viagens e participação na programação da TV Escola.

A divulgação dos vencedores na etapa estadual será em 21 de agosto. Os selecionados para a etapa regional serão conhecidos em 11 de outubro. Os 30 selecionados para a etapa nacional e os selecionados para a premiação especial serão anunciados em 11 de outubro. “A avaliação estadual está acontecendo e a equipe de avaliadores e coordenadores está trabalhando nessa seleção”, finalizou Joselino Goulart.

Jornal do Sudoeste

Categorias