Qual a relação entre doenças e o frio?

O Dr. Jose Atta dá mais detalhes sobre o assunto

 

Por: Brasil 61

 

Existe um mito na população de que o tempo frio e a exposição ao frio levam a problemas de saúde. Isso é verdade! Mas a relação entre frio e doenças tem mais a ver com mortalidade cardiovascular em adultos que com “gripes” em crianças. O Dr. Jose Atta dá mais detalhes sobre o assunto.

Existe sim uma maior incidência de quadros respiratórios agudos nos meses de inverno e primavera, mas não porque o tempo frio predispõe a doenças virais, mas sim porque aumenta a circulação de vírus nessa época, já que as pessoas tendem a ficar mais tempo em ambiente fechados, em maior contato com outras pessoas e mais expostas a doenças de transmissão por contato pessoal.

Além disso, o frio pode desencadear crises de asma. Ar frio é um dos estímulos para fechamento das vias aéreas, e as crises asmáticas costumam aparecer mais nessa época de mais frio. Assim como a asma, crises de rinite também pode aparecer mais nessa época, também por causa da exposição ao ar frio e seco, e os sintomas respiratórios altos se tornam mais evidentes, podendo ser confundidos com resfriados ou gripes. Por causa desse aumento da circulação de vírus nos meses de inverno, há um consequente aumento da mortalidade por gripe nesses meses, nas populações mais suscetíveis- idosos, crianças recém-nascidas, pessoas com algumas doenças crônicas.

Apesar de não haver uma relação nítida entre aparecimento de gripe e exposição ao frio, sabemos que nos meses de inverno as pessoas morrem mais, principalmente de causas cardiovasculares e de causas respiratórias. Dentre as causas respiratórias, as infecções desencadeando crises de asma e de bronquite crônica são as maiores causadoras desse excesso de mortalidade, assim como o aumento dos níveis de poluição atmosférica.

Além disso, algumas doenças dermatológicas ficam mais evidentes nos meses de frio, como por exemplo a dermatite atópica.

Resumindo:

  1. Frio não causa gripe (gripe é doença causada por vírus)
  2. Aumenta sim a incidência de gripe nos meses de inverno, por causa das aglomerações e ambientes fechados
  3. Previne-se gripes e resfriados lavando as mãos frequentemente (e não colocando cachecol)
  4. Aumenta os casos de asma, rinite e bronquite crônica nos meses de inverno
  5. Há um excesso de mortalidade associado às quedas de temperatura, tanto por mortes cardiovasculares quanto por mortes respiratórias

Para saber mais detalhes sobre o assunto, assista ao vídeo no canal Dr. Ajuda.

 

 

Foto de capa: Reprodução

Jornal do Sudoeste

Materias Recentes

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,