Representantes de assentamentos são capacitados para a execução de políticas públicas

Por: ASCOM CAR/SDR /[email protected]

 

Representantes de assentamentos rurais da Bahia participaram, nesta quinta-feira (21), em Salvador, de uma capacitação sobre como executar melhor políticas públicas em suas localidades para obter resultados efetivos.

Assentados da reforma agrária e representantes de Comunidades Tradicionais de Fundo e Fecho de Pasto desenvolveram competências para a execução do Termo de Colaboração do edital de Dinamização Produtiva de Assentamentos Rurais da Bahia, da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR).

No âmbito do Estão previstos R$ 12 milhões em recursos, que serão aplicados na base de produção, na agroindustrialização e comercialização da produção de 28 cooperativas e associações contempladas no edital.

Durante a oficina foram debatidos temas como termo de referência para a contratação de consultor e para contratação de Agente Comunitário Rural (ACR), Marco Regulatório da Sociedade Civil (MROSC) e Prestação de contas.

O objetivo é capacitar os gestores para que estejam aptos a executar os investimentos que serão aplicados ainda neste ano, para que não haja dúvidas sobre a execução, dentro do MROSC e seus termos de colaboração, para evitar, posteriormente, inadimplência das entidades junto à CAR ou ao Estado.

No Assentamento Rosário, do município de Monte Santo, por exemplo serão atendidas cerca de 120 famílias das comunidades Lagoa do Pimentel, Lagoa do Fonseca, Capivara, Paus Verdes e Lagoa da Ilha. No local, o projeto envolve a implantação de uma área de plantio de palma forrageira, instalação de aprisco de manejo para inseminação de caprinos e ovinos, melhoria genética do rebanho caprino e ovino e acompanhamento técnico nos manejos reprodutivo e alimentar.

 

 

Foto da capa: Divulgação

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,