Rússia e Ucrânia

Deus fez o mundo e certos materialistas perguntam, quem fez Deus? Será esse o entendimento de PUTIN?

Esse entendimento não tem sentido. Deus não é um ser visível. Ele é um ser universal. É infinito e eterno. Não há ninguém acima dele. Deus é a fonte e o princípio de toda a vida. Através Dele que se revela a harmonia de todas as forças individuais, e que sem Ele não as existem.

Há, portanto, um poder superior que orienta a humanidade, para a prática do bem, fora desse entendimento, o homem, por livre arbítrio, desvirtua o desejo de Deus – PAZ aos homens de boa vontade.

Deus é a suprema inteligência universal. O criador dos Céus e da Terra e tudo que nela há. Senhor da vida, o ser humano foi a sua criação divina, aos quais delegou poderes, não para matar indiscriminadamente, mas para servir com honradez e dignidade.  Deus não deixou de estar presente entre os crentes e obedientes aos Seus ensinamentos.

É de suma importância que se obedeça e pratique fraternalmente o amor ao próximo, um dos mandamentos de Deus, essa virtude dá a ideia de justiça.

O que está ocorrendo entre Rússia e Ucrânia, é justamente a falta da presença de Deus, e o entendimento pelo diálogo, para que o povo não seja sacrificado, pela chama e insanidade da vaidade e ambição do poder.

 Há de haver bom senso. As atitudes beligerantes, não convêm a ninguém. Na Guerra não há vencedor, mas mortes de inocentes. Essa é a verdade. Essa Guerra não se prevê as consequências, mas tem afetado o mundo.

O homem deve, acima de tudo, aprender e conhecer os seus limites, a fim de que a paz esteja presente em suas decisões e que possam viver em harmonia. É preciso governar com sabedoria, promovendo o progresso, o desenvolvimento do seu país, proporcionando ao povo bem-estar e tranquilidade.  O poder é uma consequência, a ele não se deve apegar, comprometendo o povo, por uma decisão insensata e perversa, unilateralmente.

Antônio Novais Torres

Antônio Novais Torres é comerciante aposentado, membro fundador da Academia de Letras e Artes de Brumado, membro do Conselho da Cidadania de Brumado, ex-membro do PMDB e PTB e membro do Conselho Editorial do Jornal do Sudoeste.
Categorias

Deixe seu comentário