“Seja homem: se cuide!” é o tema da campanha Novembro Azul 2020

Instituto Lado a Lado pela Vida quer alertar para a necessidade de os homens assumirem os cuidados com a própria saúde, mesmo na pandemia

 

Por Ascom/ Instituto Lado a Lado pela Vida 

 

“Seja homem: se cuide!” esse é o tema da campanha 2020 do movimento Novembro Azul, criado pelo Instituto Lado a Lado pela Vida (LAL). Neste ano, a campanha busca chamar a atenção para a necessidade de os homens assumirem o protagonismo da sua própria saúde, não apenas realizando os exames que podem diagnosticar o câncer de próstata, mas também incorporando hábitos de prevenção de outras doenças crônicas e demais tipos de câncer. Seguir uma alimentação equilibrada, não fumar, reduzir o consumo de álcool e praticar atividades físicas são atitudes que não só proporcionam mais qualidade de vida aos indivíduos, como reduzem os riscos de desenvolvimento de várias doenças.

“O câncer já é considerado uma Doença Crônica Não Transmissível (DCNT) e o diagnóstico precoce é uma ação importante para atuar antes que a doença progrida. Há vários fatores que se forem combatidos, como a obesidade e o tabagismo, reduzem o risco do desenvolvimento de diversos tipos de câncer. O de próstata, que é o mais prevalente nos homens depois do câncer de pele não melanoma, ocorre por vários fatores, entre eles o envelhecimento e as características genéticas e, por isso, é preciso estar vigilante para detectá-lo precocemente”, diz Marlene Oliveira, presidente do Instituto Lado a Lado pela Vida.

Campanha digital
A edição deste ano acontece principalmente no ambiente digital com as ações acontecendo virtualmente, reforçadas nas páginas de mídias sociais do Instituto LAL e seus parceiros. “A ideia é provocar a compreensão que os homens têm de si mesmo. É cultural dizer que homens não choram, que precisam constantemente provar sua masculinidade. Queremos mostrar que ser homem significa se cuidar”, explica Marlene.

Durante todo o mês de novembro, serão criadas várias chamadas e ações para alertar sobre a importância de cuidar da saúde com a adoção de hábitos saudáveis e incentivando os homens a fazerem os exames para o diagnóstico precoce não só do câncer de próstata, mas também de outras enfermidades.

A comunicação da campanha terá três frentes que são: as mensagens de alerta e conselho de homem para homem; as de filho para homem, que é a convocação de adolescentes para a causa da saúde do pai; e a de mulher para homem, que busca o engajamento das esposas e parceiras, que em inúmeros casos são elas as responsáveis por cuidar da saúde dos companheiros.

“Essa é uma luta de todos, então queremos envolver as pessoas próximas desses homens para garantir que o recado chegue e que eles tenham atitude proativa de se cuidar”, afirma Marlene.

A pesquisa “Um novo olhar para a saúde do homem”, realizada pelo Instituto LAL e a área de Inteligência da Editora Abril, no segundo semestre de 2019, mostrou que mais 30% dos 2.405 participantes foram impactados pela campanha Novembro Azul. Os efeitos são mais expressivos no público acima de 40 anos e, particularmente, nos usuários do SUS — ambiente em que 35% dos homens ficaram mais atentos ou passaram a fazer mais exames.

 

Arte de Capa: Divulgação.

Jornal do Sudoeste

Categorias ,