Senadores aprovam projeto que suspende aumento nos preços de medicamentos e planos de saúde

Texto segue para análise na Câmara dos Deputados e prevê congelamento nos preços por quatro meses

Por Felipe Moura/ Brasil 61 

 

O Senado aprovou nesta terça-feira (2) um Projeto de Lei (PL) que suspende o reajuste nos preços de remédios e de planos e seguros de saúde privados. Os senadores decidiram por congelar o preço dos medicamentos por 60 dias e dos planos assistenciais por 120 dias. Agora, o texto segue para análise na Câmara dos Deputados.

Na prática, o congelamento no preço dos remédios também valerá por 120 dias, caso seja aprovado pelos deputados. Isso porque, uma Medida Provisória (MP) editada pelo governo federal congelou o preço dos medicamentos por 60 dias, que deverão se somar aos 60 dias do Projeto de Lei em tramitação no Congresso Nacional.

De autoria do senador Eduardo Braga (MDB-AM), o texto teve apoio de 71 senadores. Dois se mostraram contrários à medida.

 

Foto de Capa: Agência Brasil.

Jornal do Sudoeste

Categorias ,