Serviço de ligações automáticas do Ministério da Saúde sobre coronavírus já alcançou mais de um milhão e meio de pessoas

No ar desde o início de abril, a ferramenta consiste na realização de ligações automáticas por meio do número 136, com o objetivo de identificar antecipadamente pessoas vulneráveis à Covid-19

 

Por Agência do Rádio Mais

 

De acordo com o Ministério da Saúde em menos de 15 dias depois de ser implantado o serviço de busca ativa de informações sobre coronavírus, mais de um milhão e meio de brasileiros já receberam a ligação.

No ar desde o início de abril, a ferramenta consiste na realização de ligações automáticas por meio do número 136, com o objetivo de identificar antecipadamente pessoas vulneráveis à Covid-19. O serviço também orienta as pessoas sobre os cuidados necessários para evitar o contágio, como lavar as mãos com água e sabão e evitar aglomerações.

A ligação é uma consulta médica por telefone, e funciona como uma triagem dos casos. Para isso, a voz artificial pergunta sobre algum dos sintomas característicos da Covid-19, como febre e tosse. A depender das respostas, a pessoa é acompanhada pelo sistema e orientada a procurar um posto de saúde ou hospital de referência.

Segundo o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, a ferramenta auxilia as pessoas e o próprio Ministério da Saúde no acompanhamento dos casos dentro do país.

“A gente fez um algoritmo com disparo de ligações para 125 milhões de brasileiros, ligado a um grande banco de dados. O trabalho é para que o conjunto das informações antecipe quem faz parte do grupo de risco, quem tem contato direto com quem, onde está, o nome. Isso deve ser uma grande ferramenta de gestão de pessoas.”

O serviço de busca ativa com ligações automáticas é uma das ferramentas que compõem o TeleSUS, que presta teleatendimento e informações sobre o coronavírus à população, também por meio de Chatbot, aplicativo e no disque 136.

O ministro Mandetta lembra que a gama de ferramentas que fazem parte do TeleSUS é importante e evita contato social desnecessário ao disponibilizar informações sobre o vírus e a doença de modo remoto, à distância.

“TeleSUS, que é o conjunto de tudo o que existe em Telemedicina: 136. Neste número você acessa o aplicativo coronavírus, acessa o site, recebe orientações sobre diagnóstico, tratamento sem sair de casa, evitando contágio entre pacientes e profissionais da unidade de saúde. Esse é o grande objetivo.”

O Ministério da Saúde reforça que as pessoas só devem procurar uma unidade de referência para o coronavírus caso tenham dificuldade para respirar. Isso evita a sobrecarga do sistema de saúde.

Para mais informações, acesse: coronavirus.saude.gov.br.

 

Foto de Capa: Pixabay.

Jornal do Sudoeste

Categorias ,