Sinceridade: especialista explica como usar ‘máscaras’ de personalidade atrapalha profissionais

Por: Victor Silva

Todos conhecem pessoas que usam “máscaras” de personalidade, fingindo ser quem não são. Sabe-se o quanto manter as aparências sobre coisas não verdadeiras prejudica vários aspectos da vida e o trabalho, com certeza, é um deles. É o que explica o advogado e MBA em Gestão e Negócios, Sergio Vieira.

Conforme Sergio, quando se avalia o desempenho profissional de uma pessoa, não se pode ignorar a personalidade dela. Para ele, as pessoas, com seus diferentes pensamentos e preferências, continuam sendo pessoas e precisam ser enxergadas como tal.

“Por trás de todas as formalidades, pompas e circunstâncias, pessoas são pessoas. Não podemos ignorar o pessoal de um profissional, é impossível achar que dá para diferenciar o que eu sou do que eu faço”, afirmou.

O profissional também afirmou quenos alimentamos diariamente dos mais variados conteúdos e é possível tirar o melhor proveito de todos eles, sem exceção”.

Aquilo que consideramos uma bobagem da nossa vida pessoal, pode ser transformada em bagagem positiva para o nosso trabalho. Para isso, de acordo com o advogado, é necessário saber administrar os dois lados da vida e, sobretudo, sermos quem somos.

“Não tenha vergonha, pelo contrário, de ser e transparecer quem realmente você é”, ponderou.

Sobre Sergio Vieira

Sergio Vieira é advogado, possui MBA em Gestão e Negócios, e sócio-diretor do escritório Nelson Wilians Advogados, o maior escritório de Direito da América Latina.

 

 

Foto de Capa: Divulgação

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,