77 3441-7081 — [email protected]

Sono regular estimula aprendizagem

Horário de verão termina neste domingo (17); fique atento para não ter insônia

 

Por Taís Hirschmann

 

O horário de verão termina neste domingo (17), quando os relógios devem ser atrasados em uma hora à meia-noite de sábado. E é bom que os estudantes já comecem a se acostumar com a nova rotina de acordar cedo para ir à escola, para não prejudicar a noite de sono. Afinal, dormir bem à noite estimula a aprendizagem, aponta estudo.

A insônia pode causar diversos problemas como estresse, aumento de peso, pressão alta, resistência à insulina, diabetes tipo 2 e doenças cardiovasculares, segundo pesquisa da Duke University Medical Center, em Durham, Carolina do Norte (Estados Unidos). O estudo aponta que ter um horário regular para ir para a cama mantém o coração e o metabolismo saudáveis.

Em outra pesquisa publicada na revista Science, cientistas da NYU Langone Medical Center mostram que a atividade dos neurônios durante o sono profundo é essencial para o crescimento e favorece o aprendizado.

“Há tempos sabemos que o sono desempenha um papel importante na aprendizagem e na memória. Se a criança não dorme bem, pode ocorrer comprometimento na aprendizagem”, assegura a orientadora pedagógica do Colégio Marista Asa Sul, em Brasília (DF), Sara Azevedo.

No entanto, para uma noite de sono ser considerada boa, é preciso quantidade e qualidade. Em média, os adultos que não têm problemas com o sono dormem cerca de 7 horas ou 7 horas e meia por noite, mas alguns podem precisar de mais tempo do que outros.

No caso das crianças, a falta de sono pode prejudicar o rendimento no dia a dia, o apetite, o humor e até o ciclo do crescimento. Segundo especialistas, os pequenos estão dormindo em média duas horas a menos do que deveriam dormir por dia. Até os 2 anos de idade, o ideal é que os bebês durmam 14 horas por dia; dos 2 aos 5 anos, 12 horas; dos 5 aos 10 anos, 12 horas somente durante a noite; e dos 11 aos 16 anos, de 10 a 11 horas também apenas à noite.

“É importante que os pais fiquem atentos para que as crianças estejam na cama na hora certa, assim, acordarão no horário adequado e terão um bom rendimento escolar”, alerta Sara.

Sobre a Rede Marista de Colégios

O Colégio Marista Asa Sul integra a Rede Marista de Colégios (RMC), presente no Distrito Federal, Goiás, Paraná, Santa Catarina e São Paulo com 18 unidades. Nelas, os mais de 25 mil alunos recebem formação integral, composta pela tradição dos valores Maristas e pela excelência acadêmica alinhada ao mercado. Por meio de propostas pedagógicas diferenciadas, crianças e jovens desenvolvem conhecimento, pensamento crítico, autonomia e se tornam mais preparados para viver em uma sociedade em constante transformação. Saiba mais emwww.colegiosmaristas.com.br.

Jornal do Sudoeste

Categorias