Trabalhadores se organizam contra ataques de Temer

O Governo Temer não tem dado sossego para os trabalhadores. No último dia 22, foi aprovado pela Câmara dos Deputados o Projeto de Lei 4.302/1998, que amplia a terceirização, alcançando até as atividades fins. Isso pode significar o fim dos concursos públicos e relações de trabalho ainda mais precárias.

Este é só mais um ataque orquestrado pelo Governo Temer, que começou com o congelamento dos gastos públicos em 20 anos, que poderá culminar no fim dos serviços públicos por falta de orçamento. Junto a isso, as reformas da Previdência e Trabalhista, a terceirização representam a destruição de direitos. Neste cenário que trabalhadores de todo o país estarão nas ruas amanhã (31), organizando a luta contra esses retrocessos e rumo a Greve Geral em abril.

Em Vitória da Conquista, Sindicatos e movimentos sociais consolidaram o Fórum Sindical e Popular que tem como objetivo mobilizar os trabalhadores localmente para combater os ataques do Governo. “Movimentos sindicais e sociais em Vitória da Conquista deram um passo importante para a organização dos trabalhadores em nossa região. Com a criação do Fórum, estaremos construindo de forma organizada o enfrentamento. Juntos somos mais fortes e a unidade é o caminho para barrar o avanço dessa política que ataca nossa classe”, ressalta Paulo Barrocas, presidente do Seeb/VCR.

O Sindicato dos Bancários de Vitória da Conquista e Região, que está compondo a coordenação do Fórum, convoca toda sua base e demais trabalhadores para o ato público, amanhã, no dia 31 de março, às 8h30, na Praça 9 de novembro.

 

Redacão Jornal do Sudoeste

Redacão Jornal do Sudoeste

Desde seu lançamento, o JS vem revolucionando a imprensa regional. Foi e continua sendo pioneiro na adoção de cores em todas as suas páginas e no lançamento de suplementos especiais que extrapolam o simples apelo comercial, envolvendo a comunidade em reflexões sobre temas de interesse geral por ocasião do Natal e dos aniversários de emancipação de municípios da sua área de abrangência de circulação.
Categorias