77 3441-7081 — [email protected]

UESB apresenta pesquisa sobre resíduos sólidos em Portugal

Por Ascom Uesb

 

O estudante Thiago Melo representou a Uesb em Lisboa.

Rompendo as fronteiras geográficas, a Uesb, por meio do Grupo de Pesquisas em Economia, Meio Ambiente e Inovação (Gremi), participou do 25º Congresso da Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Regional, realizado nesse mês de julho em Lisboa, capital de Portugal. Por meio de uma pesquisa voltada para a questão dos resíduos sólidos em cidades médias, o Grupo desenvolveu um estudo específico em Vitória da Conquista, que gerou o trabalho aprovado internacionalmente.

Organizado pela Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Regional, uma das maiores na área de Economia no país, o Congresso contou com a presença de diversos estudos de destaque, como o “Economia circular e cidades médias: uma análise sobre a Cooperativa Recicla Conquista em Vitória da Conquista”, que foi apresentado pelo estudante do curso de Ciências Econômicas, Thiago Melo. O estudo levantou questões sobre o reaproveitamento dos resíduos sólidos gerados na cidade, bem como as formas de gerar emprego e renda a partir do reaproveitamento desses resíduos.

Novas abordagens – O estudante destacou a importância de a Universidade dialogar os assuntos da sociedade com as pesquisas científicas desenvolvidas em seu dia a dia. “O que ocorre fora dos muros da Universidade deve ser do seu interesse, assim como o que é  produzido dentro dela deve ser do interesse da sociedade. Sendo assim, o longo processo de construção dos trabalhos, possibilitado pela consciência dos pesquisadores quanto à importância de se desenvolver estudos conectados com a realidade local e regional, contribuiu sobremaneira para o meu desenvolvimento e para o desenvolvimento dos demais colegas pesquisadores que estiveram envolvidos na organização dos artigos”, defendeu Melo.

Para Melo, a experiência foi um espaço de aprendizado a partir do contato com novas visões: “conquistas como essas agregam de todas as formas, porque oportunizam uma visão mais ampliada da realidade, que, muitas vezes, é conhecida apenas nos livros”. O futuro economista ainda completou abordando o contato com a visão europeia para determinadas questões. “Pude ver como, no Velho Continente, os governos, os intelectuais, os economistas, os estudiosos de modo geral e a sociedade estão discutindo o futuro do planeta e da humanidade”, finalizou.

Coordenador do Gremi e da pesquisa, o professor Josias Alves, do Departamento de Ciências Sociais Aplicadas (DCSA), destacou a importância da inserção da Uesb em um evento de referência internacional na área. “A inserção desse trabalho em um evento dessa envergadura permitirá que a comunidade acadêmica internacional possa conhecer a realidade da região Sudoeste e, também, de nossa Universidade. Além disso, permitirá o estabelecimento de importantes redes de contatos com outros pesquisadores, o que pode gerar parcerias futuras”, explicou.

A apresentação do trabalho contou ainda com o apoio do Programa de Assistência Estudantil, com o auxílio dado à participação de discentes em eventos externos.

Jornal do Sudoeste

Categorias