Vice-líder do PT vai pedir o impeachment de Gilmar Mendes

Deputado suplente Wadih Damous (PT-RJ), babaca, traidor do Brasil e irmanado com corruptos. O senhor deveria ter mais respeito o com povo trabalhador e honesto brasileiro, que não precisa da política para nada. 

Enquanto esse mequetrefe deputado se presta para defender o ex-presidente, que entrou para a política pobretão e hoje dispõe de situação financeira e econômica de dar inveja a qualquer cidadão honesto e trabalhador, com vários cursos superiores, o senhor deveria vestir a camisa verde amarela e protestar por que o governo petista há mais de 13 anos no poder não conseguiu reverter a situação caótica da educação, da saúde e da segurança pública? A resposta todos nós sabemos: é porque o dinheiro da nação é surrupiado, por exemplo, da Petrobras, para os bolsos de políticos corruptos e para bancar as campanhas políticas do PT de outros partidos safados.

Deputado, quem defende corrupto, também é corrupto. E parafraseando o irreverente Nelson Rodrigues: "Eu me nego a acreditar que um político, mesmo o mais doce político, tenha senso moral". Os senhores são uns tremendos políticos imorais, pois só querem tirar vantagem da coisa pública e depois vão para palanque enganar ou incautos leitores, como o oportunista bravateiro Lula diz que deu comida para os pobres, que deu emprego e outras mentiras deslavadas. Só que o Lula e Dilma não sabem explicar por que a inflação galopante voltou, por que mais de  novem milhões de pessoas estão desempregadas, por que as empresas estão fechando e  por que os investidores estrangeiros não querem mais investir aqui.

E como não poderia deixar de fazer as suas bravatas, Lula, diante de uma plateia de imbecis petistas, convocou os "cumpanheiros" a detonar o  juiz Sérgio Moro, como sendo ele o culpado pela a atual situação econômica brasileira. Trata-se, como se observa, de um alienado mental, que precisa de urgente camisa de força, pois já disse que se quisesse incendiaria este país, como Nero fez com Roma. 

Se Fernandinho Beira-Mar está preso por seus delitos, por que Lula também não poderá sentir o odor ocre do  xilindró? Ambos são praticantes de atos condenáveis, apenas a diferença está no modo de agir. 

 

Júlio César Cardoso

Júlio César Cardoso

Bacharel em Direito e servidor federal aposentado. Balneário Camboriú-Santa Catarina.
Categorias