Vitória da Conquista: Câmara, Prefeitura e Polícia Militar discutem logística de distribuição da vacina contra a Covid-19

Por Ascom/ Câmara Municipal de Vereadores de Vitória da Conquista

 

Fotos: Divulgação/ CMVVC.

 

Na tarde dessa segunda-feira, 18, o presidente da Câmara Municipal de Vitória da Conquista, Luís Carlos Dudé (MDB), participou de uma reunião no Comando de Policiamento da Região Sudoeste (CPR Sudoeste), com a prefeita Sheila Lemos (DEM), a secretária de Saúde, Ramona Cerqueira, e com o coronel Ivanildo, para tratar da logística de distribuição da vacina em Vitória da Conquista. A medicação está prevista para chegar ao município na noite desta segunda-feira, 18.

Nessa primeira etapa serão vacinados os profissionais de saúde que estão na linha de frente de combate à Covid-19, a exemplo de médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem. O espaço escolhido nesse primeiro momento para a distribuição da vacina será o Cemae. Para garantir a segurança dos servidores, a prefeitura contará com o apoio da Polícia Militar nesse processo. “Atendendo a determinação do Governo do Estado, a Polícia Militar vai trabalhar em conjunto com a prefeitura, garantindo a segurança dessa medicação para evitar furto e também das pessoas que estiverem trabalhando nesse processo”, disse o coronel.

A prefeita Sheila Lemos explicou que esse lote de vacina chega na noite desta terça-feira e segue para o Núcleo Regional de Saúde, e de lá será distribuído aos municípios, inclusive para Conquista. “O que a gente sabe é que esse primeiro lote é para os profissionais de saúde e o segundo para as pessoas com mais de 70 anos. Estamos ansiosos com a chegada da vacinação”, afirmou.

A secretária Ramona Cerqueira disse que Vitória da Conquista possui cerca de 10 mil profissionais de saúde para serem imunizados, mas a prioridade é para os ativos que atuam nos hospitais, nos centros de saúde e nos centros de Covid, lidando com os pacientes, a exemplo de médicos e enfermeiros. Ela esclareceu que na realização do procedimento de vacinação geral serão utilizadas todas as 42  unidades de saúde do município, com médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem, além de quatro pontos estratégicos no sistema drive-thru, onde os servidores estarão aptos a vacinar a população. “Já estamos com a logística pronta. Nesse primeiro lote serão apenas os profissionais de saúde, no Cemae, e posteriormente o grupo dos idosos, seguido das demais prioridades até alcançar todas as pessoas”, explicou.

Segundo o presidente da Câmara, esta semana teve início com grandes acontecimentos na saúde:  a aprovação de duas vacinas pela Anvisa (Oxford e CoronaVac), no último domingo, 17, o início da vacinação no Brasil, dia 18, e dia 19, em Conquista, fatos que ficarão na história como as datas em que a esperança dos brasileiros se renovou. “A nossa expectativa com a chegada da vacina à nossa cidade é muito grande, sabemos que ainda é uma quantidade pequena, mas é preciso dar o primeiro passo, o que a gente espera é que em pouco tempo toda a população brasileira e conquistense esteja vacinada, essa é a expectativa nossa e da Câmara de Vereadores que sempre caminhou ao lado dos conquistenses”, concluiu.

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,