Vitória da Conquista: Em Sessão Especial pelo Dia da Cultura, vereadores destacam importância da valorização dos artistas locais

Por Ascom/ CMVVC

 

A Câmara Municipal de Vitória da Conquista promoveu na manhã desta quarta-feira, 17, pelo Sistema de Deliberação Remota (SDR), uma sessão especial em homenagem ao Dia Municipal da Cultura, comemorado no dia 14 de março. A sessão, prevista no Regimento Interno da Casa, além de comemorar a data tem como objetivo entregar a Medalha Mérito Cultural Glauber Rocha a uma instituição e a uma personalidade que se destacam na promoção da cultura local. Os parlamentares participaram da sessão destacando a importância da valorização da cultura e dos artistas do município.

Vereador Alexandre Xandó (PT)Fotos: Divulgação/CMVVC.

Em espaço de homenagem a Glauber Rocha, não poderia deixar de lembrar de sua obra. Com essa frase, o vereador Alexandre Xandó (PT) iniciou o seu pronunciamento e aproveitou para lembrar vários fatos marcantes, como a inauguração do aeroporto que leva o nome de Glauber Rocha: “Uma cerimônia marcada pela presença da encarnação do nosso Porfírio Diaz, de Terra em Transe”. Ele criticou o Governo Bolsonaro, pelo corte de recursos dos editais para as artes e afirmou que os grupos do poder criaram um imaginário social de perseguição aos artistas, como as fake news sobre a Lei Rouanet, ameaças e intervenções a exposições teatrais e artísticas. E finalizou parabenizando os homenageados do dia, fazendo referência ao escultor Gilvandro.

Vereador Orlando Filho (PRTB).

Cultura precisa de incentivo – O vereador Orlando Filho (PRTB) ressaltou a necessidade de incentivo à cultura no município. “Precisa de incentivo sobretudo do poder público para continuar o despertar de pessoas”, apontou ele, que é um dos representantes da Câmara no Conselho Municipal de Cultura. “Somos uma terra de pessoas que têm dom de diversos setores de cultura. Somos produtores de artes para o Brasil”, destacou Orlando, afirmando ainda que Glauber plantou uma semente que tem dado frutos. “Glauber Rocha teve um papel muito importante no despertar desse cinema. Essa cultura continua através de muitos nomes”, disse o parlamentar, apontando que a cidade já tem cineastas produzindo obras que começam a ganhar espaço no cinema nacional.

Vereador Valdemir Dias (PT).

A cultura torna a vida mais significativa – O vereador Valdemir Dias (PT), líder da Oposição na Casa, destacou o Dia Municipal da Cultura, comemorado no último domingo (14), e parabenizou a todos os artistas e produtores culturais de Vitória da Conquista que, por meio de seu trabalho, tornaram a vida mais significativa. Dias estendeu sua homenagem a todos que promovem a cultura no município e ressaltou a importância da Lei Aldir Blanc que, segundo o vereador, “veio para minimizar o sofrimento desta pandemia”. Ele lamentou os problemas enfrentados por artistas e produtores culturais  durante a pandemia, sofrendo por falta de oportunidade de exercerem a sua arte. O vereador relembrou, ainda, o papel da Câmara Municipal: “Ano passado, fizemos questão de rever o orçamento do município e garantir mais recursos para a cultura”, comentou Dias.

Vereador Ivan Cordeiro (PSDB).

Buscar mais incentivos para a cultura – O vereador Ivan Cordeiro (PSDB) ressaltou a importância da Sessão Especial para debater e fomentar políticas públicas voltadas para a cultura. Ele destacou a visita que fez ao secretário nacional de Fomento e Incentivo à Cultura, André Porciúncula. O encontro aconteceu no mês de fevereiro e, segundo o vereador, serviu para destacar a importância de Vitória da Conquista no cenário cultural nacional, exportando nomes como Glauber Rocha, Elomar Figueira e tantos outros artistas que representam a cidade na divulgação da cultura local. Ivan destacou também a necessidade de buscar mais incentivos, mais recursos para a manutenção dos trabalhos envolvidos na cena cultural. “Os trabalhos desenvolvidos precisam desse apoio para garantir a continuidade de apoio e fomento à cultura”, afirmou o vereador.

Vereador Ricardo Babão (PCdoB).

Lei Aldir Blanc trouxe mais investimentos para a cultura – O vereador Ricardo Babão (PCdoB) parabenizou o escultor Gilvandro e relatou a importância de suas obras. “É um prazer estar aqui nesse momento homenageando dois grandes nomes da cultura local”, afirmou, lembrando dos projetos e editais voltados para a valorização da cultura, com a Lei Aldir Blanc. Finalizou pedindo o retorno de eventos como os festivais culturais e dizendo que o Legislativo Municipal está à disposição para ajudar a cultura do município.

Vereador Edjaime Rosa Bibia (MDB).

Valorização da Cultura – O vereador Edjaime Rosa Bibia (MDB), Líder da Bancada de Situação, destacou a importância da valorização da cultura no município, por meio, inclusive da destinação de uma parcela maior de recursos financeiros. “A Secretaria de Cultura tem que receber mais recursos e nós estamos aqui para lutar por isso”, garantiu. Ele destacou ainda que os artistas precisam ser valorizados. “Nós não podemos esquecer de nomes históricos de nossa cidade como o de Glauber Rocha”, disse. Destacou o Espaço Glauber Rocha, onde os artistas locais podem se apresentar nos diversos eventos realizados pelo Governo Municipal. “Vitória da Conquista é rica em cultura. Nós temos grandes artistas reconhecidos. Temos que valorizar os artistas”, finalizou.

Vereador Chico Estrella (PTC).

Mais atitudes para fomentar a cultura de forma universalizada – O vereador Chico Estrella (PTC) parabenizou os dois homenageados da sessão, Gilvandro Oliveira e Pai Jorge, representante do Terreiro de Candomblé Lojereci Nação Ijesá. Porém, Estrella questionou quantos novos ‘Glauber Rocha’ existem em Vitória da Conquista, mas que ainda não tiveram oportunidades de serem revelados. Chico criticou a Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer do município, cobrando mais atitudes para fomentar a cultura de forma universalizada na cidade e apoiar os artistas e produtores culturais de Vitória da Conquista neste momento de dificuldade para trabalhar devido à pandemia de Covid-19. “Nós vamos lutar para que a terra de Glauber Rocha, e que tantos artistas produz, possa, efetivamente, ter uma cultura à altura desta cidade”, finalizou Chico Estrella.

Vereador Marcus Vinícius (Podemos).

Necessidade de apoiar a cultura – O vereador Marcus Vinícius (Podemos) parabenizou a Câmara Municipal pela Sessão Especial para a entrega da medalha Mérito Cultural Glauber Rocha, em comemoração ao Dia Municipal da Cultura, celebrado no último dia 14. Ele destacou a necessidade de apoiar a cultura e se comprometeu com esse apoio, não só como vereador, mas também como empresário. Ele parabenizou também o produtor cultural Vadinho Barreto pelo trabalho desenvolvido na cidade com o projeto ‘Quintas de Maio’.

Vereador Andreson Ribeiro (PCdoB).

Evolução e progresso por meio da cultura – O vereador Andreson Ribeiro (PCdoB) relatou a sua alegria em participar de uma sessão importante em um momento tão difícil e com tantas mortes. “Nenhuma Nação evolui e progride sem a cultura e investimentos na cultura”, alertou o parlamentar, que aproveitou para criticar o Governo Federal que acabou com os ministérios da cultura e esporte, afirmando que esse é um descompromisso do Governo Bolsonaro com o que realmente educa. Andreson parabenizou, ainda, os Governos do Estado, que em 2016/2017, lançou projetos de mais de R$ 30 milhões em editais para beneficiar a cultura, e o municipal por adquirir a casa de Glauber Rocha para o município. “Glauber foi pioneiro no cinema, revolucionou o cinema nacional e foi premiado em diversos lugares do mundo”, lembrou, contando que “aqui em Conquista, direta ou indiretamente, juntamente com o deputado Fabrício Falcão, estamos apoiando os artesãos”. Finalizou ressaltando a importância da Lei Audir Blanc, de autoria da Deputada Benedita da Silva, e pediu a valorização e tombamento dos prédios históricos da cidade.

Presidente da Casa, vereador Luís Carlos Dudé (MDB).

Cultura precisa ser orgulho de Conquista –  O presidente da Casa, vereador Luís Carlos Dudé (MDB), destacou o histórico de Conquista de abrigar grandes nomes da cultura. “Terra de Glauber Rocha, Elomar Figueira de Mello, Xangai, Camillo de Jesus Lima, Carlos Jehovah, Edgard Larri, e nós precisamos ter orgulho disso”, disse ele. “Essa Casa tem o entendimento da valorização da cultura. Valorizar a cultura da nossa terra só pode ser através de dotação orçamentária”, apontou Dudé, avaliando que sem maior montante de recursos financeiros isso não é possível. “No entendimento de nosso mandato, através do meu querido e dileto amigo Arthur Maia, estamos buscando cerca de R$ 2 milhões em investimentos para a Cultura de Vitória da Conquista”, anunciou Dudé.

De acordo com o presidente, é preciso vontade política para conquistar avanços. “A verba existe. É preciso ter vontade política para buscar os recursos”, disse ele.

Vereador Fernando Vasconcelos (PT).

Dificuldades que artistas e produtores culturais têm passado  – O vereador Fernando Vasconcelos (PT) declarou ser um momento de muita alegria por poder participar da grande homenagem que é a Medalha Mérito Cultural Glauber Rocha. “Tive o orgulho de estar na sua criação, em 2006”, afirmou Vasconcelos, que parabenizou os homenageados na sessão especial de hoje. Fernando Jacaré trouxe ao debate, ainda, que a questão cultural, em Vitória da Conquista, é muito mais abrangente, afirmando que a sociedade conquistense, principalmente em suas periferias, possui formas culturais diferentes. O vereador também destacou as dificuldades que os artistas e produtores culturais têm passado desde o último ano, devido à Covid-19. “Trabalhar hoje com a cultura e com a arte não é fácil”, disse Jacaré, que completou: “não é possível viver o momento que estamos vivendo e ficar parado. Tem que ser feito algo urgentemente.”

 

HOMENAGEADOS:

Foto de Capa: Divulgação/ CMVVC.

Jornal do Sudoeste

Categorias ,