Aberto credenciamento para programas de atenção oncológica e da saúde da pessoa com deficiência

O objetivo dos programas é expandir a oferta de serviços e ampliar prestação de serviços médico-assistenciais; apoiar a formação, o treinamento e o aperfeiçoamento de trabalhadores de todos os níveis

 

Por: Marquezan Araújo 

A partir desta terça-feira (1°) instituições, associações e fundações privadas sem fins lucrativos interessadas em propor projetos no âmbito do Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica (Pronon) e do Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência (Pronas/PCD) devem entrar com pedido de credenciamento junto ao Ministério da Saúde.

O objetivo dos programas é expandir a oferta de serviços e ampliar a prestação de serviços médico assistenciais; apoiar a formação, o treinamento e o aperfeiçoamento de trabalhadores de todos os níveis. Além disso, a iniciativa visa promover a realização de pesquisas clínicas, epidemiológicas, experimentais e socioantropológicas.

Os interessados podem participar de ambos os programas, caso queiram. No entanto, os requerimentos devem ser apresentados separadamente. Uma vez credenciada a um dos programas, a instituição não precisa encaminhar novo pedido. Por isso, o Ministério da Saúde disponibiliza uma ferramenta de consulta de instituições já credenciadas em cada programa, cujo acesso é recomendado aos interessados.

Os documentos exigidos devem ser enviados por meio de ofício assinado pelo dirigente da instituição à Secretaria Executiva do Ministério da Saúde para os endereços eletrônicos dos programas: [email protected] e [email protected]

Foto da Capa : Arquivo/EBC

Fonte: Brasil 61

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,