Abraciclo: indústria de motocicleta cresce 18,7% até novembro de 2022

No acumulado do ano foram fabricadas 1.328.105 unidades

Por: Flávia Albuquerque – Repórter da Agência Brasil 

A produção de motocicletas do Polo Industrial de Manaus – PIM chegou a 129.216 unidades em novembro, número 5,9% menor na comparação com outubro (137.346 motocicletas) e 13,6% superior ao registrado no mesmo mês do ano passado (113.776 unidades). No acumulado do ano foram fabricadas 1.328.105 unidades, alta de 18,7% na comparação com o mesmo período de 2021 (1.118.790 unidades), de acordo com dados da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo).

O presidente da Abraciclo, Marcos Fermanian, disse que o volume de produção está dentro do planejado e que a expectativa de fabricar 1.420.000 motocicletas deverá ser atingida. “Depois de um primeiro bimestre conturbado devido aos casos da variante Ômicron, as unidades fabris retomaram o ritmo das linhas de montagem e a produção vem crescendo para atender à demanda do mercado”.

Fermanian afirmou que o segmento de motocicletas deve continuar aquecido depois dos resultados positivos e do crescimento do segmento este ano. “Acreditamos que a procura pela motocicleta deverá seguir em alta em 2023. Muitos brasileiros encontram no modal um veículo ágil, de custo de manutenção mais em conta e com maior facilidade de aquisição”, disse.

De acordo com o levantamento mensal, em novembro foram vendidas 123.214 unidades, aumento de 2,4% com relação ao registrado em outubro (120.273 unidades). Em relação ao mesmo mês do ano passado, houve alta 15,8% ante às 106.442 motocicletas emplacadas no período. No acumulado do ano, foram vendidas 1.229.737 unidades, aumento de 17,7% na comparação com o mesmo período do ano passado (1.044.413 motocicletas).

As exportações totalizaram 3.695 motocicletas em novembro, queda de 8,7% em relação a outubro de 2022 ( 4.047 unidades). Na comparação com o mesmo mês do ano passado ( 3.246 motocicletas), houve alta de 13,8%. No acumulado do ano foram embarcadas para o exterior 51.412 unidades, o que representa uma alta de 2,4% quando comparado ao resultado do mesmo período de 2021 ( 50.193 motocicletas).

 

 

 

Foto de Capa: CNI/ José Paulo Lacerda/ Direitos Reservados

Jornal do Sudoeste

Materias Recentes

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,