Amanhã de manhã

Não estarás ao meu lado
E eu nem posso dizer:
“SINTO MUITO”.
Isso não é verdade
Amanhã – outro dia,
Outra vez estarei só.
Nem preciso dizer
que é um alívio
não ter que fazer
quase tudo
para te agradar.
Amanhã de manhã
Na cama só minha
Desfrutarei do silêncio
Em paz.

Tânia Martins

Tânia Martins

Categorias