Paulo César Régis de Souza

Paulo César Régis de Souza

Vice-presidente Executivo da Associação Nacional dos Servidores Públicos, da Previdência e da Seguridade Social - Anasps.

Até a próxima reforma da previdência

Por Paulo César Régis de Souza / 29 de maio de 2017 / Nenhum comentário

Pode ser proposta pelo novo governo em 2019. Que será necessária, ninguém discute, mas o debate deverá voltar e com muita força. A herança maldita deixada pelos presidentes Temer, Dilma e Lula continua desafiadora. Cansei de chamar atenção para o “teorema vazio” da proposta de Temer que, em nenhum momento, (mais…)

Leia Mais

Um estado nada republicano

Por Paulo César Régis de Souza / 24 de maio de 2017 / Nenhum comentário

Todo mundo vem a Brasília em busca do ouro não republicano. Prefeitos, vereadores, governadores, deputados, ministros, desembargadores, juízes, promotores, procuradores, delegados, indígenas, e principalmente empresários, sejam ”micos” ou micros, médios, grandes, megas, banqueiros, “ceos’, “pilantrópicos”, exportadores, importadores, montadores, seguradores, agronegocistas e toda a fauna de lobistas, aqui desembarcam com o (mais…)

Leia Mais

O “Frankenstein” mostrou sua cara deformada

Por Paulo César Régis de Souza / 17 de abril de 2017 / Nenhum comentário

Não demorou muito para que o “Frankenstein” da reforma previdenciária do governo Temer mostrasse sua face deformada. Elaborada de força açodada, sem nexo técnico e, ignorando os fundamentos da política de Estado para Previdência Social, nos escombros do que sobrou do Ministério da Previdência, e apresentada ao país pelo ministro (mais…)

Leia Mais

Presidente Temer, arquive sua proposta de Reforma da Previdência

Por Paulo César Régis de Souza / 1 de abril de 2017 / Nenhum comentário

O Brasil sem o dedo do governo vai aparentemente bem e cresce de noite quando o governo dorme. A queda dos juros e da inflação, o crescimento das exportações e da safra agrícola se contrapõem a forte contração econômica. Apesar do PIB baixo e da lenta retomada do crescimento o (mais…)

Leia Mais

Fundos de pensão: participantes pagam a conta da falta de fiscalização

Por Paulo César Régis de Souza / 16 de fevereiro de 2017 / Nenhum comentário

Os  202,5 mil participantes do Previ (105 mil ativos e 97 mil beneficiários),  o Fundo de Previdência Complementar do Banco do Brasil, os 149 mil da Petros, da Petrobras (84,6 mil ativos e 64,4 mil beneficiários) e os 136 mil da Funcef, da Caixa (94,9 mil ativos e 41,1 mil (mais…)

Leia Mais

Até quando Brasil o ficará sem Ministério da Previdência?

Por Paulo César Régis de Souza / 30 de setembro de 2016 / Nenhum comentário

Foi consumada a truculência do governo Temer contra a Previdência Social, com 93 anos de existência, contra o Ministério, que durou 42 anos, contra os 60 milhões de segurados contribuintes, os 29 milhões de aposentados e pensionistas do Regime Geral de Previdência Social-RGPS, os 4 milhões de beneficiários da Lei (mais…)

Leia Mais

Serviço Social uma trajetória de atenção ao segurado da Previdência

Por Paulo César Régis de Souza / 26 de setembro de 2016 / Nenhum comentário

Os serviços previdenciários no velho INPS se localizavam na Secretaria de Bem-Estar e tinham luz própria nas ações de proteção e de assistência social. Deve-se aos três pioneiros Armando de Oliveira Assis, José Vital e Odir Mendes Pereira, a concepção do modelo assistencial, um dos pilares da proteção social aos (mais…)

Leia Mais

Por que expurgaram o Social da Previdência que está na Fazenda?

Por Paulo César Régis de Souza / 2 de setembro de 2016 / Nenhum comentário

E uma pergunta que todo o país que trabalha, pensa, contribui, sonha, faz sobre o seu futuro, à sombra da incerteza e do pesadelo. O Brasil está cansando de assistir, ao vivo e a cores, o mais novo especialista em Previdência, ministro chefe da Casa Civil sobre a reforma da (mais…)

Leia Mais

Reabilitação Profissional: 3,0 milhões em auxilio doença no INSS

Por Paulo César Régis de Souza / 24 de agosto de 2016 / Nenhum comentário

Uma das mais exitosas experiências do Seguro Social brasileiro teve sua dimensão sensivelmente reduzida ao longo dos últimos anos, a partir de 1990, quando foi criado o Sistema único de Saúde, atingindo duramente a Previdência e o INSS, na Reabilitação Profissional. 1943, os institutos de aposentadorias e pensões foram autorizados (mais…)

Leia Mais