Bahia defende disciplina de Trânsito no Ensino Público

Incluir a disciplina Educação para o Trânsito na matriz curricular do Ensino Público brasileiro, a partir da infância. A proposta foi defendida no 54° Encontro da Associação Nacional dos Detrans (AND), na quinta-feira (25), em Ipojuca (PE), com a participação do Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) no grupo de trabalho sobre o tema. “Vamos levar ao Ministério da Educação o nosso pleito para que o Brasil dê uma demonstração de que está preocupado com a formação das futuras gerações de condutores”, disse o diretor de Educação para o Trânsito do Detran-BA, Eliezer Cruz.

Durante o evento, a Bahia apresentou o projeto “Trânsito Cidadão – Consciência e Cidadania”, que vai levar conteúdo sobre legislação de tráfego e áreas afins para mais de 40 mil alunos de Escolas Públicas. O kit pedagógico do projeto foi entregue ao presidente do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), Elmer Coelho Vicenzi.  “Fantástica essa iniciativa dos baianos. Precisamos sedimentar desde cedo os conceitos de segurança viária. Cuidar no presente para termos bons condutores no futuro”, declarou Vicenzi.

Para o diretor-geral do Detran-BA, Lúcio Gomes, “o reconhecimento do trabalho comprova que estamos no caminho certo, avançando cada vez mais em ações educativas e propositivas”.

Redacão Jornal do Sudoeste

Redacão Jornal do Sudoeste

Desde seu lançamento, o JS vem revolucionando a imprensa regional. Foi e continua sendo pioneiro na adoção de cores em todas as suas páginas e no lançamento de suplementos especiais que extrapolam o simples apelo comercial, envolvendo a comunidade em reflexões sobre temas de interesse geral por ocasião do Natal e dos aniversários de emancipação de municípios da sua área de abrangência de circulação.
Categorias