Bom Jesus da Lapa: Prefeitura endurece as ações de combate ao Covid-19

POR MATEUS ALMEIDA

 

Á medida em que avançam os casos de Covid-19 no país e crescem a apreensão sobre os eventuais impactos na Saúde Pública, principalmente de municípios do interior, onde a estrutura de Saúde, por melhor que sejam, não estariam prontas para um possível aumento na curva de contaminações, conforme vem sendo alertado pelo Ministério da Saúde e Secretaria de Estado da Saúde da Bahia, o prefeito de Bom Jesus da Lapa, Eures Ribeiro Pereira (PSD), na contramão de muitos gestores da região, tem tomado decisões no sentido de avançar em medidas restritivas e somente flexibilizar outras com a participação e compromissos assumidos pelos envolvidos, e a ressalva que não hesitará em recuar sempre que os técnicos, ou o descumprimento de normas, indicarem essa necessidade.

Uma das preocupações do prefeito Eures Ribeiro tem sido o grande número de pessoas oriundas de São Paulo e outros municípios do Sudoeste do país, onde a contaminação está em estágio avançado, que estão chegando a Bom Jesus da Lapa e região, em transportes clandestinos, alguns, inclusive, utilizando estradas vicinais para fugir das barreiras sanitárias montadas nos municípios.

O prefeito, inclusive, conforme anunciou em suas redes sociais, denunciou uma empresa de turismo do município que estaria fazendo esse transporte ao Ministério Público Estadual e à Secretaria de Estado da Segurança Pública da Bahia. “Na defesa do povo de Bom Jesus da Lapa não vou medir consequências, quem imaginar colocar a Saúde Pública em risco, vai ter de arcar com as consequências”, reforça o prefeito.

No último dia 5, o prefeito esteve reunido com o Comitê de Crise e anunciou novas medidas para reforçar o rigor da fiscalização nas barreiras sanitárias montadas nas três entradas da cidade, nas BR-430 e BA-160, onde equipes da Vigilância Sanitária da Secretaria Municipal de Saúde, com apoio da Agência de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transporte e Comunicações da Bahia (Agerba) – órgão vinculado à estrutura da Secretaria de Estado de Infraestrutura de Transporte, Energia e Comunicação da Bahia – da Guarda Civil Municipal e da Polícia Militar, estão atuando desde o último dia 21 de março, fazendo o monitoramento das pessoas que chegavam a cidade. Na reunião, o prefeito, considerando os últimos acontecimentos, quando foram flagrados veículos clandestinos transportando passageiros de regiões onde o contágio do Covid-19 já é preocupante, determinou que esses ônibus ou vans sejam apreendidos.

Eures Ribeiro diz estar contando com a efetiva participação da população, principalmente da zona rural, para denunciar veículos clandestinos que estejam utilizando vias vicinais para chegar a Bom Jesus da Lapa, colocando à disposição um telefone (Disk Denúncia – 3481-5373) para que qualquer movimentação anormal ou veículo que seja identificado com passageiros de áreas de risco sejam denunciados e a Administração Municipal possa adotar as medidas necessárias para isolamento das pessoas que chegam e punição rigorosa aos infratores.

“Pessoas inescrupulosas, com o único objetivo de se beneficiar economicamente em uma situação de emergência e calamidade na Saúde Pública, não estão preocupadas com os riscos que causam à população. Querem apenas ganhar, cobrando preço abusivos e burlando a legislação. Para estes, sejam quem for, vamos agir com rigor para defender a população e continuar com a nossa proposta de combate ao Coronavírus”, sublinha o prefeito.

Foto de Capa: Ascom/PMBJL.

Jornal do Sudoeste

Categorias , ,