Clínica-escola de Medicina Veterinária da UniFTC realiza atendimento gratuito para detecção e monitoramento da Leishmaniose em cães

A ação faz parte do projeto ‘Leishmaniose, Aqui não!’ promovido pelo colegiado de Medicina Veterinária

Por: Vania Castro

Estudantes e professores do curso de Medicina Veterinária do Centro Universitário UniFTC Vitória da Conquista realizam, a partir desta quarta, dia 22, atendimentos gratuitos para identificação de Leishmaniose em cães domésticos ou em situação de rua. Através do projeto  “Leishmaniose, aqui não!”, os estudantes farão a detecção  e monitoramento dos casos suspeitos ou positivos da doença.

Os atendimentos serão realizados na Clínica-escola de Medicina Veterinária da UniFTC Vitória da Conquista, até o dia 03 de novembro, sempre às segundas e quartas-feiras, de 9h às 16h. Mais informações pelo número (77) 3025-4680.

A leishmaniose é uma doença infecciosa que afeta principalmente cachorros, mas que pode ser transmitida para os humanos através da picada do mosquito-palha. Manifesta-se em seres humanos se o inseto picar um cachorro doente antes de picar a pessoa. Alguns sintomas caninos: crescimento exagerado das unhas, perda de pelo, descamação da pele, emagrecimento, anemia, dentre outros. No entanto, o cão pode ser portador da doença sem manifestar sintomas.

|SERVIÇO|

Atendimento gratuito

Projeto  “Leishmaniose, aqui não!”

De 22 de setembro até o dia 03 de novembro, sempre às segundas e quartas-feiras, de 9h às 16h

Onde: Clínica-escola de Medicina Veterinária da UniFTC Vitória da Conquista

Mais informações pelo número (77) 3025-4680

 

 

 

Foto de Capa: Divulgação

Jornal do Sudoeste

Materias Recentes

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,