Conheça mais sobre o conceito de Edtech

Por: Bruno Costa

O processo de evolução tecnológica vem se tornando cada vez mais frequente na sociedade e no mercado, apresentando tanto novas ferramentas, como também novas maneiras de se lidar com certos tópicos sociais, tal como ocorre com a ideia de Edtech.

Um conceito que busca unir o campo educacional com os avanços que podem ser obtidos através das novas ferramentas de tecnologia. Um cenário que pode trazer progressos para a sociedade como um todo, auxiliando no processo de instrução de toda uma geração.

Evolução que não é essencialmente inédita, já que os avanços na educação já podem ser notados ao olharmos ao histórico pedagógico da sociedade, que além dos tradicionais livros impressos, passou a contar também com o auxílio oferecido pela mídia eletrônica.

Cenário que pode ser visto através de atividades comuns atualmente, como a exibição de filmes educativos na sala de aula. Antes por meio de um projeto, hoje até mesmo pelo celular dos alunos, sendo preciso apenas compartilhar um link com esses estudantes.

Tudo isso a levar a um novo contexto às escolas, que além de materiais práticos como carteiras e quadros negros, deve ter atenção também à locação de computadores, diante do uso positivo desses dispositivos para quem busca otimizar o setor educacional.

Sendo importante também acompanhar a evolução dos próprios alunos, já que a nova geração está o tempo inteiro sendo exposta a conteúdos audiovisuais, o que explica o crescimento cada vez maior das redes sociais, como espaço de interação entre os usuários.

E para conquistar a atenção de um público cujo interesse é disputado o tempo inteiro por diferentes públicos presentes na internet, passando por empresas, mas também por outros usuários que compartilham conteúdos diversos, é necessário adaptar o método de ensino.

Conceito esse que pode ser trabalhado por diferentes campos educacionais, desde a área escolar, universitária até mesmo para cursos profissionalizantes e de segurança, como um curso brigada de incêndio, usando da internet para otimizar suas aulas.

Em alguns casos é possível até mesmo modificar o método de instrução das aulas, apoiando-se no formato EAD (Educação à Distância). E ao falar desse avanço tecnológico no ramo da educação, é válido também destacar as empresas voltadas a tal ramo.

Um mercado que se encontra em expansão, recebendo assim uma nomenclatura própria.

Qual o significado de Edtech?

No ramo empresarial é possível encontrar por diferentes termos sendo discutidos, cada um atrelado a um novo tipo de mercado que pode surgir dentro de um cenário de frequente renovação. E é por meio desse cenário que acaba destacando-se o conceito de Edtech.

Concepção essa que se associa a ideia de Tecnologia Educacional, isso quer dizer, a aplicação das ferramentas tecnológicas junto o ramo educacional, em busca de garantir melhores resultados dentro de uma área de ensino.

Conceito esse que pode servir como base para uma série de empreendimentos, cujo foco está voltado especificamente ao setor de educação, incluindo escolas, universidades, mas também centros de pesquisas, cujos resultados podem se expandir diante de tal tecnologia.

O que torna importante para esses centros de educação trabalharem também com serviços que antes eram comuns de serem procurados apenas pelo setor empresarial, tal como uma terceirização de TI, necessária para se alcançar todo o apoio possível em computação.

Garantindo, por exemplo, que um professor consiga passar em aula uma série de conteúdos em vídeos sem a interferência de um problema no computador ou até mesmo no projetor utilizado para a exibição de tais materiais de instrução.

Ferramentas que vem se tornando essenciais dentro do campo da educação, de forma a conquistar o interesse dos alunos sobre qualquer tipo de conteúdo que esteja sendo trabalhado no cotidiano das escolas, faculdades e locais que adotam o ensino avançado.

Por se tratar de um sistema novo no mercado, o funcionamento das Edtechs se assemelha bastante a gestão de uma startup, ou seja, um novo tipo de empreendimento voltado a lidar com soluções tecnológicas, sendo necessário um investimento maior de capital.

O mesmo tipo de conceito que tornou possível a otimização do mercado de restaurantes, através da aplicação de um melhor sistema para pizzaria delivery, e que também pode trazer mudanças para a área de ensino, sendo esse o objetivo principal das Edtechs.

E quando se fala sobre as especificidades desse tipo de mercado é possível citar algumas aplicações que se destacam como as principais ferramentas de trabalho desse tipo de setor educacional em pleno crescimento.

Principais recursos das Edtechs

De uma forma geral, as Edtechs costumam trabalhar com uma série de ferramentas e estratégias que se destacam pela sua aplicação positivo no setor de educação, estando em evidência assuntos como:

  • Realidade virtual;
  • Realidade aumentada;
  • Gamificação;
  • Recursos audiovisuais.

Tópicos que precisam ser vistos com atenção para entender a fundo como vem sendo aplicado essa ideia de uma evolução tecnológica dentro do campo educacional.

Realidade virtual

O conceito de VR (Virtual Reality) vem se tornando popular principalmente por causa da ideia do metaverso, um espaço digital capaz de simular a realidade, que entre suas possibilidades é possível destacar atividades comerciais, mas também de ensino.

Isso porque a mesma interação digital que permite a um usuário pesquisar por um item específico, como fonte de alimentação 24 Volts e assim realizar a sua aquisição, esse mesmo tipo de plataforma pode ser útil também para acessar melhor certos conteúdos.

Através da realidade virtual é possível com que um aluno não só receba um conteúdo, mas também interaja com ele. Sendo algo de grande aplicação para as autoescolas, por exemplo, sendo possível realizar aulas práticas através da simulação de um carro.

Realidade aumentada

Além de se adentrar a internet, também é possível trazer os conceitos digitais para o mundo real. Para tanto é importante destacar as possibilidades trazidas pela realidade aumentada, conceito que lida com dispositivos móveis e até mesmo com hologramas.

É a ideia por trás do funcionamento dos QR Codes, uma aplicação que já pode ser vista trabalhada nos museus, onde informações diversas sobre uma obra de arte podem ser acessadas através de um link disponível por meio desses códigos visuais.

A realidade aumentada também pode ser vista através de jogos populares, tal como o fenômeno ocorrido com o Pokémon GO, e falando de jogos…

Gamificação

Quando se trata de atrair a atenção das pessoas é necessário apresentar formas diferentes de absorção de conteúdo, sendo esse o motivo pelo qual cada vez mais as empresas vêm trabalhando com o formato de games para destacarem os seus serviços.

Algo a ser trabalhado até mesmo por um serviço de automação residencial de iluminação, no qual o controle das luzes de uma residência pode ser desenvolvida de maneira similar a interface de um jogo, facilitando a compreensão do usuário.

Mesmo tipo de conceito que pode ser trabalhado no ramo educacional, de forma a atrair a atenção dos alunos, assim como facilitar a compreensão dos conteúdos ali disponibilizados, por meio de um formato mais flexível, intuitivo e interativo.

Recursos audiovisuais

Todos os tópicos citados anteriormente lidam com uma aplicação em comum que a forma que lidam com os recursos audiovisuais. Um formato que prende mais a atenção dos alunos em comparação com o tradicional sistema impresso de imagens e palavras.

Isso porque o ensino através de recursos audiovisuais acompanha também todo o perfil de conteúdo que esses estudantes são expostos sempre que navegam na internet por meio das redes sociais.

Sendo possível encontrar por publicações feitas por amigos, vídeos sobre o cenário político ou até mesmo anúncios de uma empresa de coleta de lixo reciclável sp. Para competir com tudo isso o meio educacional também deve utilizar das mesmas ferramentas.

Adotando então essas aplicações digitais dentro do cenário de ensino, algo que pode resultar em uma série de benefícios tanto para os alunos como para as Edtechs que especializam em tal área.

Vantagens e desafios no avanço educacional

Atuar ao lado de uma Edtech torna possível o acesso a uma série benefícios dentro da jornada de aprendizado dos alunos, destacando assim pontos como:

  • Aprendizagem imersiva;
  • Abordagem personalizada para cada aluno;
  • Melhor índice de colaboração;
  • Acesso a recursos de aprendizagem.

Apesar de todos esses benefícios, as Edtchs encontram uma série de desafios a serem resolvidos para que seja possível a esse sistema tecnológico de educação obter bons resultados.

Começando pelo alto investimento financeiro que é necessário para se trabalhar com tal conceito, o que passa principalmente pela falta de estrutura que se encontra no Brasil. Tanto em relação ao meio tecnológico como na área de educação.

A junção desses campos então acaba por multiplicar os desafios de se trabalhar com esse tipo de conceito.

Pois enquanto o mercado pode se beneficiar pela flexibilização digital de certos serviços, como em serviços de limpeza em condomínios, quando se trata da área educacional os desafios são maiores, já que muitos alunos sequer possuem acesso à internet.

Questões essas que precisam ser resolvidas, para que assim seja possível obter acesso a todos os pontos positivos trabalhos pelas Edtechs, negócios que estão voltados ao processo de renovação tecnológica do ramo de educação.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 

 

Foto de Capa: Reprodução Freepik

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,