Skip to content
77 3441-7081 — [email protected]

Conquistenses condecorados – Zé Raimundo entrega Comenda 2 de Julho a Célio e Carminha

A solidariedade e o humanismo foram as palavras que marcaram os discursos da Sessão Especial da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) para condecorar com a Comenda 2 de Julho duas personalidades de Vitória da Conquista que carregam em suas trajetórias essas duas virtudes: Célio Barbosa, do Conselho Municipal de Segurança (Conseg) e Maria do Carmo, fundadora da Casa do Amor, conhecida, também, como a ‘Irmã Dulce’ conquistense.  A Comenda considerada como a mais alta honraria do legislativo baiano foi entregue pelo autor da proposta aprovada pelo plenário por unanimidade, o deputado Zé Raimundo (PT), na manhã desta quinta (23).

“Essa honraria é destinada às pessoas que trabalham para engrandecer a solidariedade e projetos sociais que incluem as pessoas mais necessitadas. E essas duas personalidades são exemplos de um trabalho coletivo, que promove o ser humano, que promove a vida”, disse o deputado Zé Raimundo. “Essa é uma homenagem que ficou gravada no meu coração para a minha vida toda. Saio daqui com uma felicidade imensa”, agradeceu Célio Barbosa, seguido de Carminha, que comoveu os participantes em seu discurso, quando relatou o trabalho voluntário que desenvolve de apoio às pessoas doentes e necessitadas. Ao final, ela falou sobre a sua própria emoção ao receber a homenagem: “Agradeço carinhosamente ao deputado Zé Raimundo por esta honraria que eu levarei no meu coração eternamente. Estou até sem palavras para expressar a minha gratidão por ele ter indicado a Casa do Amor. Foi um dia maravilhoso”.

A solenidade de entrega das comendas, em Salvador, foi aberta pelo deputado Fabrício Falcão (PC do B), vice-presidente da ALBA, que depois passou o comando da cerimônia ao proponente, deputado Zé Raimundo. A Mesa esteve composta também pelo deputado federal Waldenor Pereira, o vereador Fernando Jacaré, o chefe de gabinete da Secretaria de Agricultura (Seagri), Wesley Soares Faustino, e Elias Dourado, diretor de Administração da ALBA. Além dos discursos, a cerimônia também contou com a exibição de vídeo sobre os homenageados e apresentação musical do tenor André Effgen, acompanhado pelo pianista Vinícius Ferraz Moraes, ambos conquistenses.

CARMINHA SOLIDÁRIA

Zé Raimundo discorreu sobre a trajetória de Carminha, fundadora da Casa de Acolhimento de Pacientes Oncológicos do Estado da Bahia (Capos), mais conhecida como Casa do Amor. A instituição filantrópica acolhe pessoas em tratamento de câncer e seus familiares, principalmente de outras cidades da região e que não tem condições de permanência na cidade. “Carminha, com seu carisma, com o seu o humanismo, com a sua fé e dedicação, conquistou muitos corações e cumplicidade de vários parceiros. Atualmente a casa do amor é uma instituição consolidada, mas que precisa das permanentes e sinceras parcerias”, defendeu.

CÉLIO HUMANISTA

Zé Raimundo também destacou as características de Célio Barbosa, membro atuante e presidente do Rotary Clube de Vitória da Conquista, que integra os quadros da Maçonaria Cavaleiros do Oriente, faz parte da direção da Cotefave – Comunidade Terapêutica Vida e Esperança e atualmente está na vice-presidência do Conselho Comunitário de Segurança Pública, além de integrar, na condição de membro colaborador, a Casa do Amor.  “Como se vê, o nosso homenageado exerce um papel colaborativo, organizador e dirigente de ações de grande relevância social. Está sempre voltado para busca de soluções de problemas vivenciados pela sociedade local e regional, a exemplo da segurança pública, recuperação de toxicômanos e proteção a segmentos mais fragilizados sociedade”, exaltou.

ALENTO

Na sua saudação aos homenageados, o deputado Waldenor Pereira destacou a importância da entrega da comenda a duas figuras defensoras dos direitos humanos e da solidariedade, sobretudo neste momento sombrio da política brasileira. “Vivemos um momento de incertezas, de muita intolerância, quando o povo brasileiro elegeu um presidente que representa o que há de mais e conservador e reacionário, que traz para a cena política o que há de mais abominável que é a xenofobia, a discriminação contra as mulheres, os negros, os povos indígenas. Por isso, essa homenagem de hoje é um alento, quando enaltecemos os valores humanísticos que esses dois tão bem representam. Está de parabéns o deputado Zé Raimundo por esse ato de reconhecimento”.

MAIS HOMENAGENS

Nesta sexta-feira (23), Carminha e Célio serão novamente homenageados na Câmara de Vereadores de Conquista.

Jornal do Sudoeste

Categorias
Scroll To Top