Coral Imprensa-ABT promove oficina virtual de canto-coral com a soprano e professora Emanuelle Cardoso

A Oficina virtual de Canto-Coral é uma das atividades do projeto “Coral Imprensa-ABT”, aprovado pela Lei de Incentivo à Cultura do Estado de Minas Gerais e conta com o patrocínio da Vallourec Mineração Ltda

 

Um dos mais tradicionais corais de Minas Gerais, o Coral Imprensa-ABT foi fundado em 1999, por servidores da extinta Imprensa Oficial do Estado de Minas Gerais. Desde sua origem, o Coral teve sua manutenção viabilizada pela Associação Beneficente Tipográfica – ABT, e sobrevive heroicamente até os dias de hoje, sendo mantido em regime exclusivo de adesão e voluntariado, tendo como missão principal a valorização da música e da cultura mineiras. O Coral Imprensa-ABT tem como regente a cantora Lívia Itaboray.

O Carol Imprensa-ABT trabalha um repertório eclético, entre músicas populares e eruditas, incluindo a apresentação de grandes peças com orquestra e coros.

Em tempos de pandemia mundial, todas as atividades do Coral sofreram grandes restrições e para que não fossem totalmente suspensas, foi preciso muita criatividade e capacidade de adaptação. Como atividade de grupo, os encontros e ensaios presenciais foram obrigados a se converter para o formato remoto, o que funcionou perfeitamente, viabilizando assim a realização da Oficina de Canto-Coral, que usará o mesmo meio e será toda ministrada de forma online e gratuita para coristas. Com sua vasta experiência em canto de coral, a oficina será ministrada pela professora e cantora lírica Emanuelle Cardoso.

 

Cantora lírica Emanuelle Cardoso. Foto: Divulgação.

 

A Oficina de Canto-Coral

A Oficina tem como proposta principal compartilhar as muitas vivências e experiências adquiridas pela premiada cantora Emanuelle Cardoso, além de formar coristas a partir de técnicas vocais aprendidas por Emanuelle ao longo de sua carreira, com vivências e experiências adquiridas em apresentações ao redor do mundo.

Com formação acadêmica, Emanuelle agregou à oficina algumas experiências fora do universo acadêmico, dando mais informalidade e naturalidade para a Oficina, objetivando sempre a assimilação dos temas e processos propostos. Nas palavras de Emanuelle, “a oficina é, na verdade, um apanhado dos pilares fundamentais para ser um bom cantor de coral, como ter o controle respiratório, afinação, postura e dicção. Vamos passar tudo isso por meio de exercícios práticos e de fácil assimilação dos alunos que receberão, também, dicas mais específicas e instruções que tornarão o processo do canto coral ainda mais prazeroso. Mas é preciso que o participante tenha uma formação inicial em coral. Eu entendendo que o nosso instrumento além da voz é o próprio corpo, e que podemos e devemos utilizá-lo em todos os recursos e extensões saudáveis para alcançar um resultado de excelência técnica e interpretativa. Ao final da Oficina, os alunos terão mais autonomia e compreensão dos mecanismos utilizados no canto, e poderão seguir executando-os em casa, como forma de estudo e preparação de suas interpretações e construção de repertórios para corais”, explicou Emanuelle.

Filha de músicos, a soprano Emanuelle Cardoso tem uma vida ativa dentro do cenário musical mineiro e brasileiro. Interpretou Servilia, na ópera La Clemenza di Tito (Mozart), em 2019, e Bergère em L’enfant et les Sortilèges, de Ravel, em 2018. Foi solista no concerto encenado das obras Carmina Burana e Catulli Carmina, de Carl Orff; e em obras consagradas, como a Paixão segundo São João (Bach), Gloria (Vivaldi), Requiems de Mozart e Brahms.

A Oficina acontece nesta quarta-feira, dia 25 de agosto, das 15h30 às 17 horas, e será gratuita para coristas. Informações podem ser obtidas por meio do Whatsapp (31) 99511-8924.

Emanuelle Cardoso

Emanuelle é bacharel em Canto pela UFMG (2019) e cursa pós-graduação em Canto e Expressão pela FACEC, tendo se formado no curso básico de música no Centro de Formação Artística (CEFART), da Fundação Clóvis Salgado – Palácio das Artes. Foi vencedora do Concurso Jovem Músico BDMG em 2014 e com o Ars Nova – Coral da UFMG, conquistou o 3º lugar no Festival de Música de Cantonigròs – Espanha  em 2016. Recebeu a premiação Carla Maffioletti, no Concurso Internacional de Canto Linus Lerner – Edição Brasil em 2020. Produziu o evento online canto “Lírico, Brasil”, com a participação de 24 cantores brasileiros residentes em diversos países ao redor do mundo, em julho de 2020. Foi eleita Representante Nacional da Categoria dos Cantores Líricos Solistas Profissionais no Fórum Brasileiro de Ópera, Dança e Música de Concerto. Participou de masterclasses com Eliane Coelho, Francisco Campos, André dos Santos, Carla Maffioletti, Raminta Lampsatis, Lorena Espina, entre outros. É integrante do Coro Madrigale, sob a regência de Arnon Oliveira, além de atuar como regente do Coral Campus em Canto (Núcleo de Música Coral da UFMG), Coro da Fraternidade Agostiniana São Tomás de Vilanova e Coral Sicoob Credicom.

Foto de Capa: Divulgação.

Jornal do Sudoeste

Materias Recentes

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,