Curso de Jornalismo da Uesb tem site premiado em evento nacional

Por Valcelene Amorim/ Ascom Uesb

 

 

“O ensino do Jornalismo como instrumento de defesa para uma sociedade democrática” foi tema do 19º Encontro Nacional de Professores de Jornalismo (ENPJ) e 15º Ciclo Nacional de Pesquisa em Ensino e Extensão, promovido pela Associação Brasileira de Ensino do Jornalismo (Abej) no último mês de novembro, em formato remoto.

Durante a realização do evento, o trabalho “Site Avoador e a editoria de checagem Xereta: jornalismo no combate à desinformação”, apresentado pela professora Carmen Carvalho, recebeu a premiação de menção honrosa, na categoria Atividade de Extensão. A premiação considerou a qualidade dos trabalhos apresentados nos cinco grupos de pesquisa do 15º Ciclo de Pesquisa em Ensino e Extensão em Jornalismo, que foi votado entre todos os participantes e a mediadora do Grupo de Trabalho (GT).

Para a professora Carmen, o prêmio significa a certificação de que o trabalho realizado pelo site está no caminho certo, na busca de levar informação confiável, responsável e ética à comunidade de Conquista e região. “Esse prêmio mostra ainda o quanto as universidades estaduais baianas realizam um trabalho inovador e de qualidade no interior do Estado”, acrescentou.

A docente também apontou a qualidade do ensino de Jornalismo na Uesb. “A premiação só coroa uma trajetória de formação embasada na ética, na qualidade técnica e na conexão com as tendências trazidas pela tecnologia. Podemos dizer que no interior da Bahia há um curso de Jornalismo que faz a diferença na comunidade e no ensino que realiza”.

Sobre o Avoador – O Site Avoador é um produto laboratorial da disciplina Jornalismo Digital, coordenado pela professora Carmen, e que teve início em 2016. De lá para cá, por conta da repercussão causada pelo trabalho realizado, o site foi transformado em um projeto de Extensão, que se propõe a ser um experimento de pesquisa aplicada.

“É assim que temos trabalhado: produção de conteúdo jornalístico com a reflexão sobre a prática realizada. Por meio do grupo de pesquisa Jornalismo Importa temos apresentado trabalhos no Brasil e no exterior. Felizmente, esse trabalho tem recebido a participação de muitos estudantes que se dedicam a produzir jornalismo e ciência”, sublinhou a professora.

 

Foto de Capa: Divulgação.

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,