Dificuldade em emagrecer? Fator mental pode estar te atrapalhando

“Ciclo do arrependimento” consiste em comportamentos repetitivos que sabotam o emagrecimento

Por: Redação MF Press Global

No processo de emagrecimento é necessário centralizar-se em determinado objetivo e criar uma rotina de hábitos que irão te levar ao que você busca. Mas esse processo não é fácil: é necessário consciência e preparo mental. Sem isso, é provável que você caia no “ciclo do arrependimento”, comum entre quem passa pelo processo de perda de peso.

O “ciclo do arrependimento” consiste em comportamentos repetitivos que sabotam o emagrecimento.

“Quando se busca perder peso, é essencial lembrar que não adianta emagrecer o corpo e esquecer de trabalhar a mente. Pois a tendência é sempre voltar a repetir os mesmos comportamentos de antes – e consequentemente engordar novamente. Lembre-se: não adianta reeducar o prato e não adotar de vez os novos hábitos”, adverte a coach de emagrecimento Fernanda D’avila.

Entenda o ciclo do arrependimento explicado por Fernanda D’avila e deixe de sabotar o seu processo de emagrecimento:

1- Planeja o ínicio…

Você traça um planejamento para começar a mudar a sua rotina – até porque você precisa mudar.

MAS pergunta se vai mesmo conseguir

É então que a falta de autoconfiança se manifesta: “depois de se planejar e se motivar, você começa a questionar: “caramba, será que dessa vez eu consigo?” Em seguida, passa a pensar em quão grande vai ser o esforço necessário e em todas as suas outras obrigações”, exemplifica Fernanda D’avila.

2- Cria obstáculos (desculpas)

Em decorrência da falta de autoconfiança, a pessoa impõe obstáculos que impossibilitam o seu processo de emagrecimento. Fernanda D’avila conta que realizou um estudo de caso com participantes do seu Método de Emagrecimento Rápido e frequentemente a “falta de tempo” e “frustração com experiências anteriores” era listada como razões para que a pessoa desistisse do processo de perda de peso mais uma vez.

3- Procrastina e desiste

Após mentalizar os obstáculos, a pessoa procrastina e isso leva a desistência do processo de emagrecimento. Esse comportamento é comum, mas não se trata só de desistir de perder peso: é desistir de você.

4- Arrependimento

Após a desistência, chega então o arrependimento: “aí você fala: “caramba, se eu tivesse feito aquilo, se eu conseguisse me manter focada, se eu tivesse cuidado da minha alimentação e treinado”. É bem assim, não é?” pontua Fernanda D’avila. “Bom, depois de tudo que eu disse, você reparou que em nenhum momento eu citei nenhum tipo de erro na dieta e no treinamento? Foi só sua mente e comportamentos?”, afirma a coach de emagrecimento.

Entenda qual é o papel da sua mente e consequentemente dos seus comportamentos no processo de emagrecimento. Perder peso não é fácil, mas também não pode ser difícil ao extremo. Não basta apenas uma dieta equilibrada e a prática de exercícios físicos temporários, é necessário uma mudança profunda de hábitos e, às vezes, até mesmo de estilo de vida.

Recomendação da Fernanda D’avila: avalie as travas e os bloqueios mentais do cliente e/ou paciente para fazer um trabalho de reprogramação mental juntamente com a alimentação e treinamento. É necessário saber que os pensamentos sabotadores estarão presentes no nosso dia a dia, mas com as ferramentas certas o jogo muda, e o emagrecimento definitivo começa a ser instalado. Atuo sempre com uma equipe multidisciplinar e por isso minhas alunas conseguem ter uma mudança super rápida na balança e na mente.

Foto de Capa: Divulgação

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,