Empatia na comunicação positiva

Uma comunicação mais positiva só existe se houver empatia. E a empatia só funciona se houver escuta ativa.

Por: Érica Ferraz/Brasil61

Olá pessoal, espero que todos vocês estejam bem de saúde.

Neste momento de coronavírus,  uma das palavras mais usadas foi a empatia. “Como todos precisam ser mais empáticos uns com os outros”. Será que conseguimos?

Uma comunicação mais positiva só existe se houver empatia. E a empatia só funciona se houver escuta ativa. A empatia é a escuta pura sem julgamentos. É você deixar que o outro se esvazie de sua dor e sofrimento. Você só interrompe o outro para perguntar se entendeu seus sentimentos e necessidades e reforçar a conexão.

Uma dica para praticar a empatia é sempre fazer perguntas para entender o que a outra pessoa está sentindo. Fique lá, ouvindo e verificando com perguntas até que você sinta no semblante o alívio ou a pessoa se silencie. É preciso ter paciência. É preciso ter presença.

E o que não é empatia?

  • aconselhar
  • consolar
  • compartilhar experiências
  • educar
  • cortar a pessoa para ela parar de falar… “Isso vai passar
  • justificar
  • interrogar
  • corrigir
  • solucionar
  • sobrepor-se.  “Isso não é nada… comigo foi pior…“

Isto tudo pode ser útil depois que você for empático com o outro. Primeiro escute.

Para entender melhor, escute o 5° episódio do Comunicação Positiva.

 

 

Foto de capa:Brasil 61

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,