Esperança pragmática

Cultivemos a Parte Divina que existe em todos os indivíduos, esperando ser despertada de forma eficaz, ao largo de crenças e descrenças, para a prática da Fraternidade Ecumênica e da Solidariedade sem fronteiras entre os habitantes de todas as nações. “Ah! É irrealizável!”, alguém pode argumentar.

Lembre-se, então, por favor, do que Jesus nos deixou como valiosa lição para jamais ser esquecida: “O que não é possível ao homem para Deus é sempre possível” (Evangelho de Jesus, consoante Mateus, 19:26).

É atribuído a São Francisco de Assis (1181-1226), patrono da Legião da Boa Vontade e Santo do Ecumenismo, este ensinamento: “Comece a realizar o que é necessário, depois o que é possível, e, de repente, você se descobrirá fazendo o impossível”. 

A Esperança deve permanecer viva e… ativa. De acordo com antigo provérbio russo, “confie em Deus, mas continue nadando para a praia”. 

Por isso, assinala o ilustre dr. Bezerra de Menezes (Espírito): “Fazer o dever de casa é obrigação do ser humano”. 

 

José de Paiva Netto

José de Paiva Netto é jornalista, radialista e escritor. [email protected] - www.boavontade.com
Categorias

Deixe seu comentário