Feedback: Como usá-lo para aumentar os resultados da sua equipe

O feedback é uma das mais importantes ferramentas para os gestores se manterem alinhados com os colaboradores, saiba como usar corretamente essa ferramenta

 

Por: MF Press Global

 

O feedback é uma importante ferramenta na gestão de empresas e no direcionamento de equipes, no entanto, muitas vezes ele é utilizado de forma errada, por isso, é importante ter atenção a alguns detalhes ao utilizar essa técnica.

Por que usar o feedback?

“Dois pontos essenciais ao sucesso de uma equipe são o autodesenvolvimento e o engajamento coletivo, ambos têm origem em uma ferramenta, muitas vezes negligenciada: O feedback” explica o escritor, palestrante e fundador do ITEM Brasil, Vinícius Guarnieri.

O autodesenvolvimento está relacionado à preparação, expor-se e, na medida das possibilidades, e solicitar feedbacks para facilitar sua evolução, enquanto engajar-se está ligado à iniciativa para se adaptar às exigências do mercado, processo no qual o feedback desempenha um importante papel.

É importante saber quando usar o feedback

“Quando alguém diz, por exemplo: ‘Desculpe-me, mas preciso te dar um feedback!’ Pode receber a seguinte resposta: ‘Quanto à iniciativa, desculpo; quanto ao feedback, agradeço, mas, não lhe pedi um’. Ou seja, se não foi solicitado, não é feedback, é crítica ou opinião. Portanto, evite utilizar clichês que podem denotar falta de conhecimento, despreparo técnico.” Explica Guarnieri.

O feedback é estratégia que garante à equipe a maturidade e o ‘upgrade’ necessário para lidar com os desafios do mundo corporativo e atingir os objetivos da organização, mas para isso é essencial saber quando utilizá-la.

Guarnieri destaca 3 pontos essenciais para um bom feedback e que devem ser seguidos para tornar a ferramenta mais efetiva:

Respeito: “Sim, a educação abre portas para que o feedback seja melhor recebido, respeito formal é fundamental

Receptividade: “Esse ponto diz respeito a quem recebe o feedback, é preciso estar aberto a mudanças e a ter atenção a pontos que não tinha tido antes, apreciá-la, analisá-la, e anotá-la é essencial para acompanhar seu desenvolvimento

Gratidão: “Esse aspecto está diretamente ligado ao segundo, pode parecer bobo, mas agradecer pelo feedback é o primeiro passo para pôr em prática as ações propostas, ele pode representar a diferença entre o sucesso e o fracasso imediatos

O que há de mais relevante em um gestor é saber criar uma cultura de feedbacks em uma equipe, visando à melhoria do desempenho individual e coletivo pelo valor inestimável no longo prazo para a organização“, ressalta Vinícius Guarnieri.

Foto de capa: Divulgação

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,