Funtrad financia projeto de enfrentamento à violência doméstica

Por: ASCOM SETRE Comunicação

 

O Projeto Abayomis – Enfrentamento à Violência Doméstica e Justiça: Respostas e Desafios para a Garantia e Valorização da Vida foi lançado nesta quarta-feira (9), em Salvador. A iniciativa da Associação Beneficente e Cultural de Capoeira Aprendendo a Viver (ABCAV) conta com um aporte de R$ 250 mil do Fundo de Promoção do Trabalho Decente (Funtrad), ligado à Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre).

O objetivo é promover a capacitação de mulheres assistidas e profissionais da rede de enfrentamento à violência contra as mulheres em áreas como relações étnico-raciais e saúde da população negra, através de rodas de conversas e palestras, além realizar oficinas de confecção da boneca abayomi e de gastronomia. O projeto prevê ainda a aquisição de equipamentos para a construção de uma cozinha industrial comunitária. A expectativa é que sejam beneficiadas 180 mulheres da capital baiana e dos municípios de Lauro de Freitas e São Sebastião do Passé.

“É um projeto importante voltado para a conscientização sobre os direitos das mulheres, qualificação profissional, redução da vulnerabilidade e promoção da cidadania”, afirmou o titular da Setre, Davidson Magalhães, durante o lançamento.

As ações terão início em Salvador, no bairro de São Marcos. “A proposta é construir uma articulação de enfrentamento à violência doméstica, acesso à justiça e às políticas públicas, ofertando formação, capacitação e acesso ao mercado de trabalho”, ressalta o coordenador-geral do Projeto Abayomis, Sergio Laurentino.

A apresentação do projeto contou também com as participações da chefe de gabinete da Secretaria de Políticas para as Mulheres, Daniele Costa; da deputada estadual Olívia Santana; da presidenta nacional da União de Negras e Negros pela Igualdade (Unegro) e coordenadora estadual de Fomento ao Artesanato, Ângela Guimarães; do defensor público Rodrigo Assis, da delegada Heleneci Nascimento; da auditora-fiscal da  Superintendência Regional do Trabalho Lidiane Barros; do coordenador da Agenda Bahia do Trabalho Decente, Hildásio Pitanga; da coordenadora do Funtrad, Ana Carla Sacramento; da coordenadora de Inovação e Fomento à Economia Solidária, Mércia Porto, além de lideranças comunitárias e beneficiárias das atividades.

 

Foto da capa: Divulgação

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,