Governo do Estado lança revista sobre mulheres rurais

Por: ASCOM CAR/SDR

Com histórias de mulheres rurais de diversas regiões da Bahia e suas organizações produtivas, foi lançada, na terça-feira (08), Dia Internacional da Mulher, a terceira edição da Revista Bahia Produtiva, com o tema A Força das Mulheres Produtivas.

A publicação do Governo do Estado, Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), retrata a história de mulheres que integram e lideram associações e cooperativas da agricultura familiar baiana. Essas mulheres representam as mais de 63 mil atendidas pelo projeto Bahia Produtiva espalhadas por todo o Estado.

O leitor tem a oportunidade de conhecer como elas, além de assumirem postos de liderança, adotaram estratégias e soluções diferenciadas para garantir a viabilidade econômica e social dos seus empreendimentos produtivos, fazendo chegar à mesa dos baianos alimentos saudáveis e sustentáveis.

Para o secretário da SDR, Josias Gomes, a revista aborda os investimentos da SDR, através de projetos como o Bahia Produtiva, mas também o trabalho com o empoderamento das mulheres. “A revista é uma grande produção, não só jornalística, mas literária. É um produto para se guardar como um documento histórico da ação executada pelo Estado. É stricto sensu da agricultura familiar”.

O diretor-presidente da CAR, Wilson Dias, destacou que a força produtiva das mulheres rurais é um dos grandes fatores de sustentação da agricultura familiar. “Essa revista, traz as experiências que tivemos em apoiar e valorizar todo esse trabalho. Vai estimular novos grupos de mulheres para desenvolver as atividades econômicas que, não só ajudam a aumentar a produção, mas agregam valor, inserindo os produtos no mercado e, portanto, ter o protagonismo feminino efetivamente acontecendo nas nossas ações e aparecendo os resultados de melhoria de renda para todas as famílias da agricultura familiar da Bahia”.

Entre as 19 mulheres retratadas na revista está a presidente da Cooperativa de Beneficiamento e Comercialização (Coobencol), de Santa Luz, Valmira Lopes: “O Bahia Produtiva chegou para modificar a vida do agricultor e da agricultora. O projeto tem ajudado a melhorar e fortalecer as propriedades, as criações, a conseguir equipamentos e infraestrutura. Além disso, nos proporciona a busca do conhecimento para a geração de renda. É mudança de vida para melhor”.

Autonomia econômica e social

O evento de lançamento contou também com a participação da titular da Secretaria de Política para as Mulheres, Julieta Palmeira, que afirmou que as mulheres produtivas têm muito a ver com a busca da autonomia econômica e social das mulheres, fator decisivo para o enfrentamento da violência de gênero.

“O Bahia Produtiva vem contribuindo principalmente para o desenvolvimento sustentável com base na agroecologia, na agricultura familiar e, sem dúvida, com grande participação de mulheres em cada história, construção e vivência que essas mulheres têm, liderando negócios ou atuando nos diversos arranjos produtivos nas áreas rurais da Bahia. É assim que a gente vai construindo políticas públicas que tenham impacto na vida das pessoas e, no caso aqui, impacto na vida das mulheres buscando a sua autonomia econômica e social”.

Segundo a titular da Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), Fabya Reis, foi um dia emblemático para a luta das mulheres: “Nossas mulheres, mulheres negras, rurais, as mulheres tradicionais, quilombolas, indígenas se veem nessa revista, que é o registro da narrativa do conjunto de entregas do Governo do Estado. É uma Revista que, além de ter o objetivo de mostrar um balanço do que está sendo feito, é uma publicação belíssima. As mulheres gostam de se ver e a gente gosta de ver esse estado que está pautado aqui para cuidar de gente e cuidar das mulheres.”

Estiveram presentes a equipe técnica do projeto Bahia Produtiva de todos os Territórios de Identidade do Estado, representantes da SDR, da CAR, de secretarias estaduais e outras autoridades.

A revista está disponível também em formato digital e pode ser acessada pelos sites www.sdr.ba.gov.br e pelo site www.car.ba.gov.br.

 

 

 

Foto de Capa: Divulgação

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,