Governo Federal estuda implementar reconhecimento facial para encontrar crianças desaparecidas

Comitiva do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos irá a Porto Alegre para conhecer o sistema

 

Por Paulo Oliveira/ Agência Brasil 61

 

O Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) estuda implementar uma ferramenta de reconhecimento facial que poderá ser usada na identificação e localização de crianças desaparecidas em todo o país. A ferramenta é utilizada pelo Departamento de Comando e Controle Integrado (DCCI) e pelo Centro de Perícias, órgãos do governo do Rio Grande do Sul.

Nesta segunda-feira (26), uma comitiva da pasta irá à capital gaúcha para conferir uma demonstração do mecanismo. A ministra Damares Alves compõe o grupo. Além de conhecer o sistema de reconhecimento facial, a comitiva participará, no período da manhã, de uma uma homenagem na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul. O grupo também terá um encontra com o governador do estado, Eduardo Leite (PSDB).

Foto de Capa: Tânia Rêgo/ Agência Brasil.

Jornal do Sudoeste

Categorias ,