Inaugurada nova sede do TFD e Laboratório de Oncologia em Guanambi; serviço é único em toda região

As novas instalações para atendimento a pacientes que fazem tratamento fora do domicílio – TFD e a criação do serviço ambulatorial para atendimento em oncologia foram entregues na tarde desta quarta (28) pela secretária municipal de Saúde Nancy Ferraz.

 

Por: ASCOM – Assessoria de Comunicação de Guanambi

 

Serviços oncológicos agora na cidade

Localizada na Avenida Barão do Rio Branco, a nova sede proporciona melhor atendimento para os pacientes em tratamento fora do município e a instalação do ambulatório oncológico, que garantirá consultas com oncologistas, além de serviços como limpeza e heparinização de Port Cathe e PICC que são cateteres usados por pacientes em tratamento quimioterápico, além de palestras educativas.

Equipe multidisciplinar especializada

Uma equipe multidisciplinar composta por assistente social, enfermeira oncologista, psicóloga, e um médico oncologista de Vitória da Conquista, sob a coordenação da enfermeira Adriana Pina, que é especialista em oncologia com formação pela UNICAMP/SP e Hospital do Amor de Barretos/SP, darão todo atendimento e acolhida necessária para as pessoas diagnosticadas com câncer.

Serviço inédito em toda região

A enfermeira Adriana Pina durante o ato inaugural ressaltou que o serviço é um marco para a saúde de Guanambi, pois nem mesmo na rede privada era oferecido este tipo de atendimento e parabenizou a gestão pela sensibilidade e coragem em implantar o serviço.

Apoio e sensibilidade da gestão

A Secretária de Saúde Nancy Ferraz destacou a importância do serviço e o comprometimento da gestão do prefeito Nilo Coelho e do vice Nal em oferecer um bom atendimento na rede pública especializada. “Nós estamos nos esforçando muito para melhorar a nossa saúde. É um compromisso do prefeito Nilo Coelho, do nosso vice-prefeito Nal e de todos nós estruturar e humanizar nossa rede de atendimento” frisou Nancy.

Estiveram presentes à solenidade, vereadores, secretários municipais, profissionais de saúde, médicos e familiares de pacientes que serão usuários dos serviços recém entregue à comunidade.

 

 

Foto de capa: Divulgação

Jornal do Sudoeste

Os comentários são de responsabilidade de seus autores.

Deixe seu comentário

Categorias ,