Inflação no setor agropecuário desacelera no atacado na 1ª prévia de julho

A inflação no setor agropecuário desacelerou no atacado. Os preços subiram 0,60% na primeira prévia do IGP-M de julho, após alta de 3,23% na primeira prévia de junho. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (11/7), pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) subiu 0,55% na primeira prévia de julho, ante avanço de 1,12% na primeira prévia do mesmo índice de junho, diz FGV. Com o resultado, o índice acumula aumento de 6,49% no ano e avanço de 12,05% em 12 meses. A FGV informou ainda os resultados dos três indicadores que compõem a primeira prévia do IGP-M de julho. 

O IPA-M, que representa os preços no atacado, subiu 0,47%, após a alta de 1,55% na primeira prévia de junho. O IPC-M, que corresponde à inflação no varejo, apresentou alta de 0,28% na leitura anunciada nesta segunda-feira, após subir 0,35% no mês passado. Já o INCC-M, que mensura o custo da construção, teve elevação de 1,69%, após registrar aumento de 0,08% na mesma leitura do mês passado. O IGP-M é muito usado para reajuste dos contratos de aluguel. O período de coleta de
 preços para cálculo do índice foi de 21 a 30 de junho. No dado fechado do mês passado, o IGP-M subiu 1,69%.

Redacão Jornal do Sudoeste

Redacão Jornal do Sudoeste

Desde seu lançamento, o JS vem revolucionando a imprensa regional. Foi e continua sendo pioneiro na adoção de cores em todas as suas páginas e no lançamento de suplementos especiais que extrapolam o simples apelo comercial, envolvendo a comunidade em reflexões sobre temas de interesse geral por ocasião do Natal e dos aniversários de emancipação de municípios da sua área de abrangência de circulação.
Categorias