Itambé reúne autoridades municipais e estaduais em Seminário e reforça compromisso com a Educação ambiental e as futuras gerações

Por Nicolaia Carneiro Ascom/PMI

Debater sobre o Decreto de Regulamentação da Educação Ambiental na Bahia e sobre o Plano de Revitalização dos Rios Pardo, Verruga e Ribeirão. Com esse objetivo a Prefeitura de Itambé, através da Secretaria Municipal de Educação (Smec), promoveu nesta quinta-feira (13), uma Mesa Redonda com a participação de representantes da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (SEMA) e do Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (INEMA).

O encontro, que culminou o projeto “Semana Municipal do Meio Ambiente”, reuniu autoridades de várias esferas de Governo em um debate altamente consistente e com ampla participação de professores, alunos, coordenadores da Rede Municipal e representantes de instituições locais e de outros municípios.

Entre os participantes estava a secretária de Educação de Itambé Alecciene Gusmão, também representando o prefeito Eduardo Gama; o superintendente de políticas públicas da SEMA, Claudemir Nonato; o especialista em Meio Ambiente do INEMA, Jean Ricardo; o coordenador Técnico do INEMA, Rudival Maturano; o especialista em Meio Ambiente da SEMA, Magno  Monteiro; o técnico de Campo do CEAS Jota Moreno; a secretária de Assistência Social Letícia Chiachio; a gerente da Embasa, Aline Oliveira; a secretária executiva da ONG Reflorestar e Renascer, Miriam Pacheco; o representante da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Humberto Soares; os secretários de Meio Ambiente de Ribeirão do Largo Raimundo Ferreira, de Encruzilhada Emílio Lima e de Maiquinique Josemar Teixeira; o secretário de Agricultura de Encruzilhada, Altamir Alves; e o diretor do Sindicato Rural de Itambé, Sérgio Santos.

Após uma reflexão apresentada pela coordenadora da Smec Gisele, o evento foi aberto oficialmente com os pronunciamentos das autoridades. Na oportunidade, todos ressaltaram a importância de colocar em pauta as questões ligadas ao meio ambiente, sobretudo, à educação e à preservação dos recursos hídricos, apontando, nesse processo, o papel fundamental da sociedade.

A primeira palestra foi ministrada pelo coordenador pedagógico de Ciências e Exatas, Josemar Mendes, que fez a apresentação do Projeto Semana Municipal de Meio Ambiente, mostrando o objetivo e resultados alcançados. Em seguida, o representante da SEMA Magno Monteiro falou sobre o projeto de revitalização dos Rios Pardo, Verruga e Ribeirão, com todos seus aspectos práticos e teóricos. Dando seguimento, o especialista em Meio Ambiente do INEMA, Jean Ricardo, complementou falando sobre o papel da sociedade e, principalmente, das novas gerações nesse processo de conservação e mudanças de atitudes.

Em seguida, a palestra apresentada pela secretária executiva da ONG Reflorestar e Renascer, Miriam Pacheco, abordou a atuação da instituição e aproveitou para alertar a sociedade sobre a importância de abraçar as causas ambientais. Na última palestra, ministrada pelo superintendente de políticas públicas da SEMA, Claudemir Nonato, foi apresentado o Decreto que Regulamenta a Educação Ambiental na Bahia.

A Secretária Municipal de Educação, Alecciene Gusmão, encerrou o evento agradecendo a ampla participação dos órgãos representativos do Meio Ambiente e reafirmando o compromisso do Município de Itambé em formar cidadãos comprometidos com o fortalecimento e a preservação dos recursos naturais.

“Minha avalição é extremamente positiva. Tivemos a participação de pessoas comprometidas e com um importante conhecimento técnico, trazendo uma grande experiência na área ambiental que nos estimula a querer uma Itambé melhor”, ressaltou a secretária, afirmando que o compromisso da Educação Municipal é educar para a vida e cultivar nas futuras gerações a consciência da responsabilidade ambiental. “Dessa forma, dentro de uma educação ambiental fortalecida, a gente vai conseguir melhorar cada vez mais a qualidade de vida da comunidade itambeense”, concluiu Alecciene.

A programação do seminário contou com a parceria da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Agricultura e Pecuária, da ONG Reflorestar e Renascer e o apoio da Secretaria de Meio Ambiente do Estado da Bahia.

Jornal do Sudoeste

Categorias